0
Posted Setembro 9, 2016 by António de Sousa Pereira in |Notícias
 
 

Pininfarina H2 Speed produzido em dez exemplares


Foi através do seu CEO, Silvio Pietro Angori, citado pelo Automotive News, que a Pininfarina anunciou a sua decisão produzir dez unidades (destinadas a outros tantos gentlemen drivers, já identificados e eleitos) do H2 Speed, o superdesportivo eléctrico alimentado por fuel cells, revelado, enquanto protótipo, no último Salão de Genebra. O projecto destina as dez unidades produzidas a uma utilização exclusiva em circuito, tendo por base um châssis da classe LMP2 homologado pela FIA e um grupo motopropulsor fornecido pelo GreenGT, em tudo idêntico ao utilizado no estudo revelado no certame hevético: dois motores eléctricos capazes de fornecer, pelo menos, 503 cv às rodas traseiras.

Um protótipo rolante da versão de produção do H2 Speed deverá estar pronto para iniciar os testes de desenvolvimento no início de 2017, as primeiras entregas a clientes estão previstas para 12 a 18 meses mais tarde. Cada exemplar custará cerca de 2,2 milhões de euros, garantindo o estúdio de design italiano, hoje propriedade da indiana Mahindra, que tal verba será suficiente para assegurar a rentabilidade do projecto.


António de Sousa Pereira