CompararComparando ...

Lamborghini Gallardo com 2000 cv termina prova num lago

Artigo
Lamborghini Gallardo com 2000 cv termina prova num lago

[jwplayer player=”1″ mediaid=”26704″]

Já dizia o anúncio que a potência não serve de nada sem controlo. O condutor deste Lamborghini Gallardo com mais de 2000 cv de potência aprendeu essa lição da maneira mais dramática possível, ao perder o controlo daquele modelo italiano numa prova de aceleração.

Este Gallardo foi pensado sobretudo para fazer provas de aceleração, assim se explicando o valor de 2000 cv de potência. Contudo, enquanto tentava bater o seu recorde na meia milha, a traseira perdeu aderência e o Lamborghini acabou por deslizar rumo a um pequeno lago formado devido à chuva que caiu nos dias anteriores.

Segundo o que é ouvido no vídeo, o condutor não sofreu qualquer ferimento. Já o Gallardo regressou às garagens em cima de um reboque, aparentemente também sem grandes danos materiais.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
Pedro Junceiro
3Comentários
Deixe uma resposta
  • 27/01/2015 at 12:44

    Talvez uma asa traseira para criar algum DownForce podia ajudar …

    • Pedro Abreu
      29/01/2015 at 21:33

      Tiago, o problema destes Lambos com 2000cv (desde o primeiro que fizeram) é porem a potencia no chão.
      Eles desativam a AWD que estes lambos tem de origem simplesmente pelo sistema AWD não aguentar nem perto estas potencias, e com as rodas de trás apenas não conseguem puxar direito, é preciso controlar bem o acelerador e ter alguma sorte, coisa que este que até controlou o acelerador não teve como podes ver no vídeo. De notar que o Binário que estes motores estão a fazer é gigante, e a baixa velocidade não há downforce que resolva isso.

      Cumps

  • a.folha
    28/01/2015 at 22:51

    Eu, enquanto jovem, tive/andei de bicicleta e sempre nas ruas e estradas mas… a minha bicicleta, estava licenciada pela CM com chapa de matrícula e eu, com a minha licença de condução de velocipedes. E nessa altura, como veiculo registado só podia andar pela faixa de rodagem onde todos os veículos andavam. Agora, no tempo em que todos os veículos automóveis e motociclos, têm de pagar impostos para utilizar a via pública, Têm de se sujeitar a uma inspecção “arbitrária” anualmente, Têm de ter obrigaóriamente seguro de responsabilidade, têm ainda de “respeitar” UM VEÍCULO não licenciado, conduzido por pessoas sem qualquer habilitação para condução de veículos na via pública, que não pagam imposto de circulação, que não têm seguro de espécia alguma e que, ainda por cima, podem andar por cima de toda a “folha”…eles agora podem andar na estrada, podem andar nas “ciclo-vias”, podem andar nos passeios, atravessar nas passagens de peões e um infidável de situações, chamado BICICLETA…. SE ANDAR NA VIA PÚBLICA NÃO PRECISA DE NADA, PARA QUE É QUE OS AUTOMOBILISTAS TÊM TANTAS OBRIGAÇÕES? Devíamos , era, passar a cchamar soa carros…BICICLETAS.

Deixe uma resposta

10 + 18 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.