CompararComparando ...

Ao volante do novo Skoda Fabia em Portugal. No Outono desde €19 273

Artigo
Ao volante do novo Skoda Fabia em Portugal. No Outono desde €19 273

Quase um ano volvido sobre a revelação internacional do novo Fabia, a Skoda acaba de apresentar à imprensa portuguesa a mais recente geração do seu utilitário, a quarta ao fim de 22 anos de carreira e mais de 4,5 milhões de unidades vendidas. Maior e melhor do que o seu antecessor em todos os domínios, o modelo é anunciado como o mais tecnológico e conectado de sempre, e, também, como o recordista do seu segmento em termos de desempenho aerodinâmico, espaço habitável e capacidade da mala – mas sem nunca perder de vista elementos fundamentais do seu ADN, como as engenhosas soluções Simply Clever, uma competitiva relação preço/qualidade/equipamento, os baixos custos de utilização e manutenção, e um apreciável valor residual.

O estilo é, naturalmente, uma das maiores apostas da marca checa, marcado que fica por proporções dinâmicas, linhas esculturais e uma aparência global mais emotiva, e em que se destacam as ópticas dianteiras por LED (opcionalmente, estão disponíveis os faróis dianteiros full-LED, adaptativos, com função de curva e maior intensidade de iluminação dos médios e máximos; e os farolins traseiros igualmente por LED). O tamanho das jantes, sempre de liga leve no mercado português, varia entre 16”-18” (as mais refinadas com acabamento escovado e pintadas de preto), estando disponíveis nove cores de carroçaria (duas delas inéditas na gama da Skoda), possíveis de combinar com o tejadilho, caixas dos espelhos e jantes de cor contrastante, em cinzento ou preto. Ainda neste particular, e, também, opcionais, a moldura da grelha em cinzento grafite e o novo tejadilho panorâmico.

Especial atenção foi dedicada ao desempenho aerodinâmico, com o Fabia a registar um Cx de 0,28, o melhor valor da classe. Para o mesmo contribuindo diversas soluções, algumas delas utilizadas pela primeira vez pelo fabricante de Mladá Boleslav num modelo deste segmento, caso da cortina existente na tomada de ar inferior dianteira, ou das aplicações em plástico nas jantes. Às quais se juntam outras mais comuns, como o deflector traseiro de maiores dimensões, as caixas dos espelhos aerodinamicamente optimizadas ou os doze painéis, em vez dos anteriores três, que agora cobrem por inteiro o fundo do veículo.

Assente na plataforma MQB-A0 do Grupo VW, a mesma já utilizada por modelos como Audi A1, Seat Ibiza ou VW Polo, bem como pelo Skoda Kamiq, o novo Fabia mede 4108 mm de comprimento (pela primeira vez na sua história supera os 4,0 m), 1780 mm de largura, 1459 mm e altura e 2564 mm entre eixos, o que significa que, face ao modelo anterior, cresceu 111 mm em comprimento, 48 mm em largura e 94 mm entre eixos – sendo maior, neste particular, do que o Octavia da primeira geração, que tinha uma distância entre eixos de 2512 mm. Além de contar com uma estrutura mais rígida, composta em 80% por aço de alta resistência, e níveis de segurança passiva e activa anunciados como referenciais, outros do seus atributos é ser, segundo a Skoda, o utilitário mais espaçoso do momento, tanto para passageiros como para bagagens, tendo a capacidade da mala crescido nada menos do que 50 litros, passando a oferecer 380 litros, ampliáveis até um máximo de 1190 litros mediante o rebatimento do banco traseiro.

No interior do novo Fabia também merece atenção a estreia de soluções como o pára-brisas e o volante (de novo desenho) aquecidos; o ar condicionado automático bizona; o sistema de carregamento por indução para smartphones; ou a iluminação ambiente por LED configurável, entre outros, incluídos de série, ou como opção, consoante as versões e dotação de equipamento – são propostos os habituais níveis Active (não disponível em Portugal), Ambition e Style, assim como a edição especial de lançamento First Edition, estando para mais tarde prometida a chegada da versão Monte Carlo, de cariz e aparência mais desportivas. O ambiente interior é ainda marcado pelo tablier simétrico (com secção frontal revestida a tecido com costuras contrastantes), pelas aplicações decorativas, pelas saídas de ventilação laterais circulares com aplicação cromada, e pelos manípulos de abertura das portas cromados.

A tecnologia foi outra das fortes apostas da Skoda, com o novo Fabia a ser o primeiro a poder montar ar condicionado bizona, além de estrear o opcional painel de instrumentos digital de 10,25” com o lettering do modelo gravado na lateral da respectiva moldura (oferece cinco ambientes: Classic, Modern, Reduced, Extended e Sport, sendo o último exclusivo das unidades equipadas com o opcional pacote Dynamics) – sendo de série oferecido um painel de instrumentos analógico com ecrã de informações de 3,5”. Os sistemas de infoentretenimento de última geração contam com ecrã táctil de 5,5”, 8” ou 9,2”, colocado ao centro do tablier, na versão mais evoluída incluindo valências como a navegação integrada, a ligação permanente à Internet via eSim e o assistente pessoal Laura comandado vocalmente.

Obviamente, também não falta uma panóplia de soluções práticas e engenhosas, como sempre denominadas como Simply Clever – num total de 43. Algumas são já conhecidas de outros modelos da Skoda, e, dessas, oito são pela primeira vez utilizadas no Fabia; enquanto que cinco fazem a sua estreia na gama da marca. A saber: clip para um cartão de crédito ou um bilhete de estacionamento, e elástico como porta-canetas, para manter a arrumação no compartimento de armazenamento da consola central; porta-copos removível entre os bancos dianteiros; caixa no túnel de transmissão para os passageiros traseiros; compartimento flexível de armazenamento para a bagageira; e pára-sol, disponível como acessório do opcional tejadilho (quando não está em utilização, dobra-se para um terço do seu tamanho e pode ser armazenado sob a tampa da bagageira).

No capítulo da segurança, menção primeira para a possibilidade de o novel utilitário checo montar até nove airbags: os frontais, laterais dianteiros e de cortina são de série, do leque de opções fazendo parte o destinado aos joelhos do condutor e os laterais traseiros. Por outro lado, são pela primeira vez propostos sistema avançados de assistência à condução como o Travel Assist (conjuga sistemas como o cruise control adaptativo, operacional até aos 210 km/h, o assistente activo à manutenção na faixa de rodagem, a monitorização do ângulo morto, até 70 m de distância do veículo, ou o detector de mãos no volante), o sistema de estacionamento automático Park Assist e o Manouvre Assist (detecção de obstáculos, à frente e atrás, em manobras de parqueamento, com travagem automática caso seja necessário). Integram ainda o lote o sistema de leitura de sinais de trânsito e a travagem autónoma de emergência com alerta de colisão frontal e detecção de peões e ciclistas.

Por fim, a gama de motores, exclusivamente composta por unidades a gasolina da família Evo. A versão de acesso recorre ao 1.0 MPI de três cilindros, com 85 cv e 93 Nm, sempre conjugado com uma caixa manual de cinco velocidades, tal como o 1.0 TSI de 95 cv e 175 Nm, também de três cilindros – e que, na derivação de 110 cv e 200 Nm, é de série conjugado com uma caixa manual de seis relações, sendo em opção proposta a caixa pilotada DSG de dupla embraiagem e sete velocidades. No topo da oferta estará o 1.5 TSI de 150 cv e 250 Nm, com sistema de desactivação de cilindros, e que tem, de série, acoplada a caixa DSG – uma motorização cuja introdução em Portugal está ainda a ser avaliada pelo representante da Skoda no nosso país.

Já no que respeita às ligações ao solo, a suspensão, independente na frente, e por eixo semi-rígido atrás, pode, em opção, dispor de duas afinações distintas da proposta de série. Uma, rebaixada 15 mm, assume uma vocação mais desportiva, contando com molas mais firmes. A outra integra o chamado pacote Rough-Road, garante uma altura ao solo superior em 15 mm, e recorre, igualmente, a molas específicas, a que se juntam as protecções adicionais na secção inferior da carroçaria.

Ao volante do novo Skoda Fabia, equipado com o motor 1.0 TSI de 110 cv e caixa manual, apesar da curta experiência de condução, de não mais do que umas poucas dezenas de quilómetros, essencialmente percorridos em meio urbano, foi possível perceber, desde logo, o generoso espaço interior e um refinamento em nítida evolução face à geração anterior – mesmo que alguns materiais não sejam tão refinados quanto os adoptados por outros modelos do Grupo VW que fazem uso da mesma plataforma, são melhores do que os utilizados na anterior geração, e conjugam-se com um rigor construtivo e uma qualidade de acabamentos dignos de registo. O conforto de marcha é outro ponto a reter, com a suspensão a lidar bastante bem com algumas dos pisos mais exigentes das ruas da capital, ao passo que o motor voltou a exibir a sua proverbial capacidade para conciliar uma resposta franca com consumos muito comedidos numa utilização convencional, e para oferecer prestações de bom nível quando a tal instado pelo condutor.

À venda no mercado português a partir do quarto trimestre do ano, o novo Fabia será proposto na edição First Edition com todos os motores, no nível Style apenas com os motores TSI e na versão Monte Carlo somente com motor 1.0 TSI de 110 cv e caixa manual. O acesso à gama é feito através do Fabia 1.0 MPI Ambition, por €19 273 (€21 222 na versão First Edition); o Fabia 1.0 TSI Ambition de 95 cv está disponível desde €20 510 (First Edition: €22 470; Style: €23 492); o Fabia 1.0 TSI Ambition de 110 cv exige o dispêndio de €21 162 (First Edition: €23 128; Style: €24 146); e o o Fabia 1.0 TSI Ambition de 110 cv com caixa DSG custa €22 500 (First Edition: €24 447; Style: 25 483). Ainda sem data precisa para chegar ao mercado luso, o Fabia Monte Carlo anuncia um preço de €25 471.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.