CompararComparando ...

Novo Porsche Taycan Cross Turismo no Verão desde €97 582

Artigo
Novo Porsche Taycan Cross Turismo no Verão desde €97 582

Já foi apresentado pela Porsche o novo Taycan Cross Turismo, versão mais polivalente do seu primeiro modelo totalmente eléctrico. Mesmo havendo quem olhe para esta derivação como uma mera variante “carrinha” do Taycan, a verdade é que se trata de uma proposta com algumas particularidades muito próprias, inclusivamente em termos de alinhamento da gama, que confirmam a sua incrementada versatilidade de utilização. Certo é que se trata de uma criação importante para que a marca cumpra o seu objectivo de, em 2025, metade das suas vendas ser assegurada por automóveis “electrificados” (de propulsão exclusivamente eléctrica ou híbridos plug-in), valor que foi já de um terço em 2020.

Com uma aparência assumidamente próxima da do protótipo Mission E Cross Turismo, revelado no Salão de Genebra de 2018, não restarão dúvidas de que o que melhor distingue, exteriormente, o Taycan Crosss Turimo da berlina de que deriva é a secção traseira, assim como a linha de tejadilho descendente, a que juntam os pára-choques específicos e as protecções das cavas das rodas – porventura o primeiro sinal da sua apetência para aventurar-se por caminhos vedados ao Taycan. Sublinhada, quando instalado o opcional pacote de design Offroad, pelos elementos específicos nos cantos dos pára-choques e nas saias laterais.

Mas há mais. Com 4974 mm de comprimento, 1967 mm de largura, 1409 mm de altura e 2904 mm de distância entre eixos, o Taycan Cross Turismo cresceu 11 mm em comprimento, 1 mm em largura, 15 mm em altura e 4 mm entre eixos face ao Taycan. É, fundamentalmente, por isso que anuncia um acréscimo de 47 mm do espaço destinado à cabeça dos ocupantes do banco traseiro, assim como uma nitidamente superior capacidade para o transporte de bagagens: a capacidade da mala aumentou de 366 litros para 446 litros com os cinco lugares disponíveis, podendo ser incrementada até um máximo de 1212 litros mediante o rebatimento assimétrico do banco traseiro (existindo, sob o capot dianteiro, um compartimento adicional com 82 litros de capacidade, mais um litro do que no Taycan).

Ainda neste capítulo, referência para o sistema criado especificamente para este nodelo, que permite o transporte de até três bicicletas na traseira, podendo ser utilizado universalmente para diferentes tipos de bicicletas. Uma das suas principais características é permitir a abertura do portão traseiro mesmo quando está a ser utilizado. Aproveitando a oportunidade, a Porsche lança, ao mesmo tempo, duas novas bicicletas eléctricas, a eBike Sport e a eBike Cross.

Em termos mecânicos, também há novidades que confirmam a vocação mais polivalente do Taycan Cross Turismo, já que todas as versões contam, de série, com suspensão pneumática adaptativa, tracção integral (o que significa que não existe um equivalente da versão de acesso do Taycan, com tracção apenas traseira) e o exclusivo modo de condução Gravel, que, quando seleccionado, entre outras funcionalidades, incrementa em 20 mm a altura ao solo (30 mm nas versões dotadas do opcional pacote de design Offroad). Igualmente de série é a bateria Performance Plus, com 93,4 kWh capacidade, pelo que também não está aqui disponível a bateria Performance, com 79,2 kWh de capacidade, proposta de série no Taycan e no Taycan 4S.

Assim sendo, todos os Taycan Cross Turismo contam com um motor eléctrico por eixo (o dianteiro com uma transmissão de uma velocidade, o traseiro com uma transmissão de duas relações), Na base da oferta está o Taycan 4 Cross Turismo, com 380 cv de potência (476 cv e 500 Nm no modo Overboost e com o Launch Control Activo), capaz de cumprir os 0-100 km/h em 5,1 segundos, e de alcançar uma velocidade máxima de 220 km/h, sendo a autonomia, segundo a norma WLTP, de 389-456 km.

Seguem-se o Taycan 4S Cross Turismo de 490 cv (571 cv e 650 Nm em modo Overboost e com o Launch Control Activo, 4,1 segundos nos 0-100 km/h, 240 km/h de velocidade máxima, 388 – 452 km de autonomia); o Taycan Turbo Cross Turismo de 625 cv (680 cv e 850 Nm em modo Overboost e com o Launch Control Activo, 3,3 segundos nos 0-100 km/h, 250 km/h de velocidade máxima, 395 – 452 km de autonomia); e o Taycan Turbo S Cross Turismo de 625 cv (761 cv e 1050 Nm em modo Overboost e com o Launch Control Activo, 2,9 segundos nos 0-100 km/h, 250 km/h de velocidade máxima, 388 – 419 km de autonomia).

Por fim, saliente-se que as duas versões mais acessíveis montam jantes de 19”, recorrendo a jantes de 20” as duas mais potentes, e que a diferença de peso do Taycan Cross Turismo face ao Taycan, para configurações equivalentes, é de 25 kg nas variantes 4S e Turbo S, e de 15 kg na variante Turbo. A chegada ao mercado está agendada para o Verão, e os preços em Porutgal iniciam-se nos €97 582.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.