CompararComparando ...

Aston Martin Rapide AMR: familiar de “corridas” em edição especial

Artigo
Aston Martin Rapide AMR: familiar de “corridas” em edição especial

 

 

O aproximar da edição deste ano das 24 de Le Mans levou a Aston Martin a revelar o Rapide AMR, versão de produção do protótipo revelado no passado Salão de Genebra, de que serão produzidos não mais do que 3210 exemplares. Seguindo as pegadas do DB11 AMR, e como se espera de um modelo que ostenta o acrónimo da Aston Martin Racing, o Rapide AMR busca boa parte da sua inspiração o muno das corridas, sendo pela marca de Gaydon como um automóvel capaz de transportar uma equipa de pilotos até um determinado circuito, por longe que seja, e, lá chegado, de enfrentar o traçado com a mesma competência.

Marketing à parte, o Rapide AMR tem a seu favor o facto de pouco se diferenciar do concept mostrado no certame helvético, destacando-se pela sua agressiva grelha frontal de generosas dimensões, inspirada na do Vantage AMR Pro de competição e pelas luzes diurnas circulares a evocar as mais recentes variantes Zagato. Menção, também, para o maior apuro aerodinâmico, garantido pelos novos splitter frontal, saias laterais, difutor traseiro e deflector colocado na tampa da mal,a todos em fibra de carbono, para reduzir o peso, tal como o novo capot com generosas tomadas de ar.

Sob esse mesmo capot está um 6.0-V12 aspirado com soluções técnicas, em boa parte, herdadas do poderoso Vantage GT12, por isso capaz de oferecer 603 xc e um binário máximo de 630 Nm, com o novo par de duplas ponteiras de escape a prometer uma sonoridade digna dos pergaminhos da AMR. Primeiro Aston Martin equipado com jantes de 21”, forjadas e revistas por pneus Michelin Super Sport, o Rapide AMR anuncia 4,4 segundos nos 0-100 km/h e 330 km/h de velocidade máxima, estando equipado de série com discos de travão carbocerâmicos (400 mm de diâmetro e pinças de seis pistões na frente, 360 mm e pinças de quatro pistões atrás), assim como com uma suspensão com amortecimento pilotado reafinada e rebaixada 10 mm face à do Rapide S.

Proposto em três combinações cromáticas, ou totalmente personalizável através do departamento de veículos especiais Q by Aston Martin, o Rapide AMR reflecte o esquema de cores exteriores no seu habitáculo, nomeadamente nas costuras de cor contrastante. A consola central é integralmente em fibra de carbono, os bancos revestidos a Alcantara (em ambos os casos, uma estreia na gama Rapide), estando pela primeira vez disponível, em opção, um volante ao estilo do utilizado no exclusivo desportivo One-77 – merecendo ainda referência o logo AMR bordado a prata nos bancos, a placa numerada específica de cada unidade e as soleiras das portas em carbono com a inscrição AMR.

Por tudo isto, a Aston Martin pede €229 950 na Alemanha, ou 240 mil dólares nos EUA. As primeiras entregas a clientes estão previstas para o último trimestre deste ano.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    1 × 1 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.