CompararComparando ...

Bosch de Braga inova na tecnologia automóvel

Artigo
Bosch de Braga inova na tecnologia automóvel

A unidade Bosch de Braga está representada naquela que é uma das mais importantes feiras de electrónica a nível mundial, a Consumer Electronic Show (CES), em Las Vegas, nos EUA, com tecnologias multimédia automóvel de ponta.

Em comunicado de imprensa, a companhia destaca que a participação no CES é um motivo de orgulho para a empresa, que em 2015 celebra o seu 25º aniversário em Braga. Enquanto um dos principais exportadores a nível nacional (volume de exportação de mais de 90%), a Bosch desenvolve e produz em Braga uma série de soluções tecnológicas inovadoras diferenciadoras capazes de responder às actuais tendências na área do multimédia automóvel.

Assim, directamente da Bosch em Braga para o CES, estão em exposição tecnologias como o NissanConnect, o Combiner Head Up Display para a BMW e os displays livremente programáveis para a Audi TT.

Conetividade e segurança num só sistema

A Internet é hoje cada vez mais revolucionária no meio automóvel: os consumidores querem ter acesso à informação a partir de qualquer parte do mundo ou dispositivo e em qualquer altura, pelo que a conectividade está a marcar o ritmo da inovação nos sistemas de informação e entretenimento nos automóveis. Desta forma, a divisão Car Multimedia da Bosch, cuja principal fábrica europeia está localizada em Braga, tem vindo a criar produtos inovadores que garantem a interligação que os consumidores procuram, trazendo a internet para dentro dos automóveis sem a ajuda de telemóveis.

Promovendo maior conectividade e interligação, o maior objectivo da Bosch passa por minimizar as distrações do condutor, apontando novidades tecnológicas para o futuro. Por exemplo, a realidade aumentada nos veículos vai ligar o mundo virtual ao mundo real: o pára-brisas vai tornar-se no principal display no interior dos automóveis, trazendo informações sobre a condução e sobre o que se passa à volta para o campo de visão do condutor.

De Braga para o mundo

Em Braga desde 1990, inicialmente a produzir auto-rádios para a marca Blaupunkt, a Bosch tem vindo a substituir gradualmente a produção de auto-rádios clássicos por uma ampla gama de produtos com tecnologia multimédia automóvel inovadora. Os clusters de instrumentação livremente programáveis substituem os instrumentos mecânicos com ponteiros e mostram gráficos ou imagens de câmara. Podem ainda ser programados individualmente à semelhança da personalização do perfil do utilizador criado no seu próprio computador. Exemplo deste novo mundo é o BMW i8, desportivo eléctrico de luxo da marca bávara.

Neste caso, o Head-Up Dislay do BMW i8 projecta as informações de instrumentos, navegação, e multimédia no campo de visão do condutor, utilizando um pequeno ecrã de plástico especialmente posicionado por baixo do para-brisas, que à vista do condutor cria uma espécie de realidade aumentada. De referir ainda o sistema de instrumentação do novo Audi TT, que vem equipado com um ecrã e um conceito de operação inovadores, produzidos pela Bosch em Braga. No CES estará também em evidência o sistema multimédia NissanConnect, com uma função de navegação inovadora que possibilita uma solução de informação e entretenimento de alta qualidade para conteúdos e serviços. Além de um ecrã táctil a cores de 7 polegadas, inclui por exemplo, o uso do Google Local Search e Send-a-Car, um sistema de mãos livres Bluetooth de alta qualidade que permite ouvir música através de streaming de rádio ou rádio digital e, por último, a mais recente integração de smartphones através de Bluetooth ou USB, independentemente de o dispositivo usado ter um sistema operacional Android ou iOS.

Investimento na investigação nacional

Noutro campo, nota ainda para empenho da marca na inovação contínua, sendo de enaltecer a parceria com a Universidade do Minho em regime de co-promoção. Desta forma, promoveu um reforço do seu investimento em Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, visando o desenvolvimento e produção de tecnologias de futuro para o setor automóvel. As soluções estão a ser desenvolvidas nas instalações na Bosch e na Universidade do Minho, aproximando a realidade empresarial do mundo universitário e académico.

Considerado de interesse estratégico nacional, o projecto prevê um investimento de cerca de 19 milhões de euros até 2015, parcialmente financiado pelo Estado Português com o apoio da Comunidade Europeia. Os 14 projetos de investigação vão gerar o registo de pelo menos 10 patentes em resultado do trabalho desenvolvido, potenciando a cultura de inovação exportada pelo Grupo Bosch a partir de Portugal para todo o mundo.

As soluções multimédia desenvolvidas responderão aos desafios relacionados com o Human Machine Interface, com a utilização de novos materiais para a construção de equipamentos, e com a definição de ferramentas inovadoras no que diz respeito a processos e procedimentos relacionados com a produção. Os resultados atingidos serão implementados pelos investigadores no processo de industrialização da próxima geração de produtos.

Satisfeita com os resultados já obtidos, a Bosch prepara já uma nova candidatura para novos projetos a serem financiados a partir de final de 2015, garantindo a continuidade das suas atividades de inovação e a sustentabilidade e competitividade do negócio.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
Pedro Junceiro
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

3 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.