CompararComparando ...

Mercedes EQA na Primavera com 190 cv e 426 km de autonomia

Artigo
Mercedes EQA na Primavera com 190 cv e 426 km de autonomia

Já foi oficialmente apresentado pela Mercedes o novo EQA. À venda na Primavera, e fabricado tanto na Alemanha como na China, pode ser considerado como a derivação totalmente eléctrica do GLA, e é, também, o primeiro modelo compacto do género da marca germânica, passando, por isso, a constituir o acesso à sua gama EQ.

Visualmente, o EQA distingue-se, desde logo, pelas soluções que lhe garantem um desempenho aerodinâmico aperfeiçoado, traduzido num Cx de apenas 0,28, aqui se destacando a grelha frontal “fechada”, denominada Black Panel, ao centro do qual surge a estrela da casa de Estugarda, e as jantes de desenho exclusivo. Exibe, igualmente, os elementos distintivos típicos dos membros da família EQ, como sejam as faixas luminosas dianteira e traseira, ou os elementos azuis integrados nas ópticas dianteiras.

No interior, a par das funções específicas, relacionadas com a motorização eléctrica, oferecidas tanto pela instrumentação como pelo sistema de infoentretenimento, menção para o inédito revestimento retroiluminado, e para as aplicações em cor de ouro rosa presentes nas saídas de ventilação, nos bancos (em pele perfurada na edição especial de lançamento EQA Edition 1) e na chave do veículo. O equipamento de série inclui, entre outros, ópticas dianteiras por LED com assistente de máximos; portão traseiro eléctrico Easy-Pack; jantes em liga de 18”; iluminação ambiente por LED com 64 cores; banco traseiro rebatível na proporção 40/20/40; e sistema de infoentretenimiento MBUX com sistema de navegação preditiva  Electric Intelligence – com base em simulações contínuas da distância, calcula o percurso mais rápido até ao destino considerando quaisquer paragens para carregamento, com base em factores como a topografia do percurso e a meteorologia, estando ainda apto a reagir dinamicamente a mudanças como  das condições do trânsito ou o estilo de condução adoptado.

Em Portugal, o EQA é proposto na versão Advanced, dotada, de série, de dois ecrãs de 10,25” (um para o sistema de infoentretenimento, a outra servindo como painel de instrumentos totalmente digital), do Pack Parking com câmara de marcha-atrás, do Pack Espelhos e do sistema de monitorização do ângulo morto. Opcionalmente estão disponíveis tanto as linhas de equipamento Electric Art e AMG Line, como o pack Night, assim como soluções como o head-up display a cores ou o sistema de navegação com realidade aumentada.

A estreia no mercado do novo SUV eléctrico da Mercedes estará a cargo do EQA 250, com motor de 190 cv e 375 Nm, capaz de cumprir os 0-100 km/h em 8,9 segundos, e de alcançar uma velocidade máxima limitada a 160 km/h. A bateria de iões de lítio, com uma capacidade útil de 66,5 kWh, garante uma autonomia de até 426 km, podendo ser recarregada em 5h45m em postos de carregamento públicos, e recuperar 80% da respectiva em 30 minutos carga em postos de carregamento rápido.

Numa fase posterior de comercialização, está previsto o alargamento da gama do EQA através da introdução de novas opções de motorização. Sendo já certo que a oferta incluirá quer versões com tracção integral, cadeia cinemática eléctrica adicional (eATS) e mais de 270 cv de potência; quer uma variante com mais de 500 quilómetros de autonomia.

Qual é a sua reação?
Excelente
100%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

13 + 9 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.