CompararComparando ...

VW aponta baterias à Tesla. E “pisca o olho” à Ford

Artigo
VW aponta baterias à Tesla. E “pisca o olho” à Ford

Nos últimos dias, foram várias os meios, como a Bloomberg e Reuters, com base em informação prestada por fontes próximas do processo, que aludiram a uma putativa intenção da VW de criar um modelo eléctrico a comercializar por menos de vinte mil euros no mercado doméstico, de converter três das suas fábricas na Alemanha para a produção de automóveis eléctricos capazes de rivalizar com modelos da Tesla (assim protegendo os respectivos postos de trabalho), e de reforçar a sua aliança tanto com o fabricante de baterias SK Innovation como a sua rival Ford. Ao que tudo indica, esta e outras questões serão discutidas já na próxima sexta-feira, 16 de Novembro, na reunião do conselho de supervisão do fabricante de Wolfsburg.

Nesta reunião, tudo aponta para que em cima da mesa esteja a transmutação da VW do maior fabricante europeu de veículos com motores de combustão interna num dos maiores produtores de automóveis eléctricos do mundo. Parte dessa estratégia passará, ao que parece, pelo lançamento de um novo modelo de acesso à nova família I.D. de veículos eléctricos da VW, conhecido como “MEB Entry”, a propor por menos de 20 mil euros na Alemanha, e com um volume de produção de 200 mil unidades/ano.

Outra novidade poderá ser o I.D. Aero, a produzir na fábrica de Emden, onde actualmente é produzido o Passat. Já o I.D. Buzz, a “reencarnação”, em formato eléctrico, do mítico “pão de forma”, deverá sair das linhas de produção da fábrica de Hanover, actualmente ocupadas pela Transporter – passando esta a ser a ser produzida pela Ford numa fábrica que a marca da oval azul possui na Turquia, assim os sindicatos germânicos concordem com a medida.

Aliás, a aproximação entre VW e Ford é outro dos temas do momento no sector. Desde logo devido às conversações iniciadas entre as ambas as marcas com vista à criação de uma aliança para o desenvolvimento de veículos autónomos e eléctricos, que muito consideram relegará a Audi para um plano secundário neste particular. Por outro lado, ambas as partes ponderarão ainda estreitar laços também no plano comercial, com a VW atenta à alta rentabilidade alcançada pela Ford no mercado norte-americano, mormente no sempre muito lucrativo segmento das pick-up, e a Ford ciente ao domínio que a VW historicamente exerce no mercado dos ligeiros de passageiros na Europa. Seja como for, não se espera que um anúncio formal relativo a um possível acordo possa surgir antes do próximo ano.

Qual é a sua reação?
Excelente
100%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    16 − 11 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.