CompararComparando ...

VW Polo 1.0 TSI 95 cv Confortline

Artigo
VW Polo 1.0 TSI 95 cv Confortline

Visão geral
Marca:

VW

Modelo:

Polo

Versão:

1.0 TSI 95 cv Confortline

Ano lançamento:

2018

Segmento:

Utilitários

Nº Portas:

5

Tracção:

Dianteira

Motor:

1.0

Pot. máx. (cv/rpm):

95/5000-5500

Vel. máx. (km/h):

187

0-100 km/h (s):

10,8

Consumos (l/100 km):

3,9/4,5/5,6

CO2 (g/km):

103

PVP (€):

18 176/21 152

Gostámos

Consumos, Habitabilidade e mala, Conforto de marcha, Qualidade geral, Motor evoluído, Facilidade de condução

A rever

Relação preço/equipamento, Estilo pouco arrojado

Nosso Rating
Rating Leitor
Para avaliar, registe-se ou inicie sessão
Qualidade geral
8.0
Interior
8.0
Segurança
9.0
Motor e prestações
7.0
Desempenho dinâmico
9.0
Consumos e emissões
10
Conforto
8.0
Equipamento
6.0
Garantias
8.0
Preço
7.0
Se tem pressa...

Não há que duvidar: a VW criou um dos seus melhores utilitários de sempre, e o novo Polo 1.0 TSI de 95 cv Confortline demonstra o porquê da marca germânica voltar a posicionar-se no topo deste segmento

8.0
Nosso Rating
Rating Leitor
You have rated this

 

 

Devido ao excessivo conservadorismo estilístico da VW, pode até nem parecer, mas o Polo da sexta geração é mesmo um automóvel totalmente novo, assente, mesmo, numa nova plataforma – a (também) já célebre MQB A0, estreada pelo Seat Ibiza. Aqui em análise, o Polo 1.0 TSI 95 cv Confortline, animado pelo mais acessível dos motores da gama, e um daqueles em que o importador nacional mais aposta para fazer vingar o seu novo utilitário entre nós.

De regresso ao início: é pena que a marca de Wolfsburg não tenha sido um pouco mais ousada e inovadora em termos de design, para que a aparência do novo Polo esteja de acordo com tudo aquilo que evoluiu em todos os outros domínios. Não que seja mal parecido, longe disso, até exibe uma imagem interessante, apelativa, actual e dinâmica, mas, também, excessivamente previsível, demasiado próxima da do modelo anterior e do “inevitável” Golf, não transmitindo uma noção efectiva da evolução que o veículo, realmente, registou.

Inovação ou ousadia não serão os termos que melhor se aplicarão à estética do novo VW Polo, que peca por não transmitir de forma mais convincente a extraordinária evolução que conheceu esta sua sexta geração

Inovação ou ousadia não serão os termos que melhor se aplicarão à estética do novo VW Polo, que peca por não transmitir de forma mais convincente a extraordinária evolução que conheceu esta sua sexta geração

Menos mal que, uma vez no interior, tudo é diferente. Apesar de recorrer mais a plásticos duros do que a macios, o facto é que não é preciso muito para confirmar que o Polo (re)assume o seu estatuto de referência do segmento em termos de qualidade geral e robustez, nitidamente acima da média e patente num invejável rigor construtivo e na montagem e nos acabamentos de nível superior. Ao mesmo tempo, o design e a decoração do habitáculo conseguem criar um ambiente moderno e acolhedor, mas que mantém a identidade do modelo, respeitando o que são os padrões da VW neste particular.

Mas há mais. Graças ao aumento de 81 mm em comprimento, 69 mm em largura e 92 mm entre eixos face ao modelo anterior, o novo Polo passa a ser uma das referências da classe no capítulo da habitabilidade, merecendo especial menção o generoso espaço disponibilizado às pernas dos ocupantes do banco traseiro. O mesmo raciocínio deve ser aplicado à bagageira, com uma óptima capacidade de 351 litros estando todos os lugares disponíveis, ampliável até um máximo de 1125 litros quando se rebate o banco posterior por inteiro.

Conforto é outra das áreas em que o Polo 1.0 TSI 95 cv Confortline não pede meças a qualquer rival. Seja pelos bancos de aparência simples, mas extremamente cómodos; pelo seu evoluído motor de três cilindros turbocomprimido, bastante suave e silencioso, ou pela própria afinação do châssis. Tudo concorrendo para uma condução deveras fácil e agradável.

O rigor da montagem e dos acabamentos é um dos elementos decisivos para que o novo VW Polo volto a posicionar-se no topo da classe em termos de qualidade. O equipamento de série devia ser mais generoso, a habitabilidade e a capacidade da mala são refrenciais

O rigor da montagem e dos acabamentos é um dos elementos decisivos para que o novo VW Polo volto a posicionar-se no topo da classe em termos de qualidade. O equipamento de série devia ser mais generoso, a habitabilidade e a capacidade da mala são refrenciais

Uma das mais refinadas unidades da sua categoria, o 1.0 TSI prima por uma boa elasticidade, respondendo com prontidão logo a partir das 1500 rpm, e de forma ainda mais franca a partir das 2500 rpm, por isso dispensando o uso frequente da caixa manual de “apenas” cinco velocidades, seja em estrada como em cidade. As prestações, não deslumbrando, estão perfeitamente de acordo com as características e vocação do modelo, ao passo que os consumos serão capazes de convencer mesmo os mais exigentes: numa condução convencional, sem excessivas preocupações para com a poupança, em pouco superarão os 6,0 l/100 km, e mesmo a ritmos mais intensos é fácil registar médias aquém dos 7,5 l/100 km.

O desempenho dinâmico, esse, fica nitidamente marcado pela óptima conjugação entre eficácia e conforto, com assumida prevalência deste último atributo. Até a invulgar escolha das jantes: com 15” de diâmetro, e revestidas por pneus de baixa resistência ao rolamento de medida 185/65, podem não constituir a solução que esteticamente mais beneficia o novo Polo, ou seja mais do agrado dos condutores mais atrevidos; mas seguramente que acabam por fazer todo sentido num utilitário com não mais do que 95 cv, pelo que contribuem para a economia de utilização e para um conforto de marcha referencial, patente num “pisar” de qualidade, digno de modelos do segmento acima, combinado com um comportamento estável, seguro e equilibrado – em que apenas se lamenta o alongamento das distância de travagem imposto pelos pneus de baixo atrito.

Muito fácil e agradável de conduzir, também por via de uma direcção suficientemente precisa, o novo VW Polo 1.0 TSI 95 cv Confortline confirma o bom trabalho realizado pela casa germânica na concepção da mais recente geração do seu utilitário, voltando a posicionar-se no topo da sua classe em praticamente todos os domínios. Há é que ter em conta que a VW não parece disposta a abdicar da máxima que o que é bom tem que se pagar, o que ajuda a perceber um preço relativamente interessante, mas ao qual fata uma dotação de equipamento de série que podia (e devia!) ser mais generosa.

Honesto, previsível, seguro e, acima de tudo, muito confortável, o Polo 1.0 TSI de 95 cv cumpre na plenitude com aquilo que se espera de um utilitário com as suas características e pretensões

Honesto, previsível, seguro e, acima de tudo, muito confortável, o Polo 1.0 TSI de 95 cv cumpre na plenitude com aquilo que se espera de um utilitário com as suas características e pretensões

Airbag para condutor e passageiro (desligável)
Airbags laterais dianteiros
Airbags de cortina
Controlo electrónico de estabilidade
Travagem autónoma de emegência com alerta de colisão frontal e detecção de peões
Sistema de detecção de fadiga do condutor
Cintos dianteiros com pré-tensores e limitadores de esforço
Fixações Isofix
Assistente aos arranque em subida
Ar condicionado manual
Computador de bordo
Bancos dianteiros reguláveis em altura
Gaveta sob o banco do condutor
Banco traseiro rebatível 60/40
Volante em pele multifunções regulável em altura+profundidade
Direcção com assistência eléctrica variável
Rádio com leitor de CD/mp3+ecrã táctil de 8"+6 altifalantes+leitor de cartões SD+tomadas USB/Aux-in
Mãos-livres Bluetooth
Carregamento por indução para smartphones
Vidros dianteiros+traseiros eléctricos
Retrovisores exteriores eléctricos+aquecidos
Sensor de luz
Luzes diurnas por LED
Faróis de nevoeiro com função de curva
Farolins traseiros por LED
Jantes de liga leve de 15″
Sistema de monitorização da pressão dos pneus
Roda suplente de dimensões normais com jante de aço
Kit de fumador

Sensores de estacionamento dianteiros+traseiros (€443)
Sistema de protecção proactiva dos ocupantes (€140)
Sistema de navegação Discover Medida com VW Media Control+Car Net (€758)
Pacote Lights&Vision (€201)
Ar condicionado automático Climatronic (€402)
Jantes de liga leve Seyene (€131)
Apoio de braços dianteiro (€143)
Cruise control adaptativo (€268)
Pintura metalizada (€490)

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    16 + 11 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.