0
Posted Junho 19, 2017 by António de Sousa Pereira in |Notícias
 
 

Apple aposta oficialmente na condução autónoma



Depois de vários avanços e recuos no projecto de construção do seu próprio automóvel, a Apple anuncia agora, oficialmente, a sua intenção de entrar numa das áreas de negócio mais apetecidas do planeta, que se espera valha qualquer coisa como seis biliões de euros em 2030. Isto após ter solicitado às autoridades californianas autorização para realizar testes de condução autónoma na via pública, com várias unidades do Lexus RX 450h, através de um pedido em que referia estar a investir massivamente no estudo da auto-aprendizagem e da automação, e muito entusiasmada com o potencial dos sistemas de automação em diversas áreas, mormente no sector dos transportes.

Tim Cook, CEO da Apple, em entrevista à Bloomberg, veio agora afirmar que os engenheiros da empresa estão, oficialmente, a explorar e a desenvolver tecnologia destinada aos automóveis autónomos do futuro. Nas suas palavras, “é uma tecnologia nuclear, que consideramos bastante importante. É a mãe de todos os projectos de Inteligência Artificial e, provavelmente, um dos mais difíceis projectos de Inteligência Artificial a desenvolver”. Ficou por saber quando poderão estar disponíveis estas novas soluções para uma utilização no mundo real, embora nem sequer tenha descartado por completo a possibilidade de a Apple vir a produzir o seu próprio automóvel.

Mas esta não é a única empresa da área das tecnologias a apostar forte automóvel e, em particular, na condução totalmente autónoma. A Waymo, subsidiária da Google, também já tem em testes nas estradas do Arizona as versões autónomas por si desenvolvidas do Chrysler Pacifica, tal como sucede com a Uber, mas na Califórnia, com os Volvo XC90 também autónomos.


António de Sousa Pereira