CompararComparando ...

Coreanos lideram estudo de qualidade: Genesis, Kia e Hyundai no pódio

Artigo
Coreanos lideram estudo de qualidade: Genesis, Kia e Hyundai no pódio

O emblemático estudo de qualidade, anualmente levado a cabo pela J.D. Power nos EUA, foi, este ano, avassaladoramente dominado por marcas sul-coreanas, por sinal, todas pertencentes ao mesmo grupo: Genesis, Kia e Hyundai (por esta ordem). Com 68 problemas registados em cada 100 veículos nos primeiros 90 dias de propriedade, e apenas dois modelos produzidos (G80 e G90); a divisão de luxo do Grupo Hyundai ascende ao primeiro lugar do ranking no seu segundo ano enquanto marca independente, relegando para o segundo posto, com 72 problemas, a sua congénere Kia, primeira classificada nas duas anteriores edições (e melhor entre as marcas ditas generalistas há quatro anos consecutivos), ao passo que a Hyundai garante o terceiro posto com 74 problemas, menos 14 do que em 2017.

Merecedor de atenção, nestes resultados, o facto de os fabricantes nipónicos, em especial Toyota e Honda, durante muito tempo líderes crónicos do estudo, não só terem sido relegados dos seus lugares cimeiros, como em 2018 terem registado resultados abaixo da média da indústria – 93 problemas por cada 100 veículos – ao contrário do que aconteceu com as suas compatriotas Lexus (8ª), Nissan (10ª) e Infiniti (14ª). E não tanto por terem vistos os seus resultados piorar, mas porque outras marcas melhoraram, nomeadamente as oriundas dos chamados “gigantes” de Detroit.

Entre as marcas europeias, a Porsche foi a melhor classificada, na quarta posição (e sendo o 911 o modelo com menos problemas reportados de todo o estudo, com apenas 48 incidências por cada 100 veículos), seguida da BMW, no 11º lugar, da Mini, no 13º, e da Mercedes-Benz, no 15º (a última a ficar acima da média da indústria) – sendo a Land Rover a marca que pior resultado obteve, com 160 problemas, antecedida da Jaguar, com 148, e da Volvo, com 122, em qualquer dos casos devido aos seus complexos sistemas de infoentretenimento. Quanto aos fabricantes locais classificados acima da média da indústria, a Ford alcançou o 5º posto, a Chevrolet o 6º, a Lincoln o 7º, a Ram o 9º e a Cadillac o 12º.

Ainda assim, a J.D. Power conclui que, pelo quarto ano consecutivo, a qualidade dos veículos novos evoluiu positivamente de forma global em toda a indústria automóvel, alcançando, inclusivamente, o seu nível mais elevado de sempre – 93 problemas por cada 100 veículos, menos quatro do que no ano anterior. Sendo que os problemas mecânicos já não são tão determinantes para os resultados como era habitual, antes passando a sê-lo a dificuldade de operação dos sistemas de infoentretenimento.

Quanto aos modelos melhor classificados, e por segmentos, foram os seguintes: Kia Rio; Acura ILX; Toyota Corolla; BMW Série 4; Nissan Altima; Ford Mustang; Dodge Grand Caravan; Lincoln Continental; Nissan Maxima; Genesis G90; Hyundai Tucson; BMW  X1/Mercedes GLA (ex-aequo); Buick Envision; Lincoln MKC; Kia Sorento; BMW X6; Nissan Frontier; Ford Expedition; Chevrolet Silverado; e Chevrolet Silverado HD/Ford Super Duty (ex-aequo).

Qual é a sua reação?
Excelente
100%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    2 × 1 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.