CompararComparando ...

Kia XCeed 1.6 CRDi Tech

Artigo
Kia XCeed 1.6 CRDi Tech

Visão geral
Marca:

Kia

Modelo:

XCeed

Versão:

1.6 CRDi Tech

Ano lançamento:

2019

Segmento:

SUV

Nº Portas:

5

Tracção:

Dianteira

Motor:

1.6 Diesel

Pot. máx. (cv/rpm):

136/4000

Vel. máx. (km/h):

198

0-100 km/h (s):

10,6

Consumos (l/100 km):

5,3 (Combinado WKTP)

CO2 (g/km):

139 (Combinado WLTP)

PVP (€):

34 640/37 210 (unidade testada)

Gostámos

Aparência exterior, Consumos, Agrado de condução, Equipamento, Preço competitivo

A rever

Visibilidade traseira, Decoração interior excessivamente sóbria

Nosso Rating
Rating Leitor
Para avaliar, registe-se ou inicie sessão
Qualidade geral
8.0
Interior
7.0
Segurança
8.0
Motor e prestações
8.0
Desempenho dinâmico
9.0
Consumos e emissões
8.0
Conforto
9.0
Equipamento
9.0
Garantias
9.0
Preço
8.0
Se tem pressa...

Inquestionavelmente, um das melhores criações de sempre da Kia, e uma das referências da sua categoria, O ensaio ao novo Kia XCeed 1.6 CRDi Tech ilustra bem todo o argumentário do novo SUV/crossover sul-coreano, que só poderá surpreender os menos atentos ao progresso que o seu construtor tem vindo a registar ao longo, sobretudo, dos últimos anos

8.3
Nosso Rating
Rating Leitor
You have rated this
Velocidade máxima anunciada (km/h) 198
Acelerações (s)
0-100 km/h 10,5
0-400 m 17,6
0-1000 m 32,1
Recuperações 60-100 km/h (s)
Em 3ª 5,5
Em 4ª 7,8
Em 5ª 10,2
Recuperações 80-120 km/h (s)
Em 4ª 8,1
Em 5ª 10,6
Em 6ª 12,8
Distância de travagem (m)
100-0 km/h 35,5
Consumos (l/100 km)
Estrada (80-100 km/h) 4,5
Auto-estrada (120-140 km/h) 6,7
Cidade 7,4
Média ponderada (*) 6,68
Autonomia média ponderada (km) 748
(60% cidade+20% estrada+20% AE)
Medidas interiores (mm)
Largura à frente 1440
Largura atrás 1410
Comprimento à frente 1080
Comprimento atrás 730
Altura à frente 960
Altura atrás 940

A protagonizar este teste está a versão a gasóleo mais dotada, mecanicamente como em termos de equipamento, de um dos mais esperados modelos da Kia dos últimos tempos: o XCeed 1.6 CRDi Tech. Para enquadrar esta proposta, atente-se que, no que ao segmento mais importante do mercado europeu diz respeito, a táctica da marca sul-corena passa, inequivocamente, pela diversificação da oferta do seu familiar compacto: depois do Ceed hacthback de dois volumes e meio e cinco portas, da carrinha SW e da arrojada Proceed Shooting Brake, chega, agora, e assente na mesma base, a sua criação destinada ao subsegmento da moda, e com maior potencial de crescimento e conquista de novos adeptos. Dúvidas houvesse, a Kia antevê que o XCeed possa em breve ser responsável por cerca de metade das suas vendas na classe!

Como não se estranhará num tipo de automóvel destinado a um subsegmento em que a racionalidade está longe de imperar, a estética é um factor determinante no novo XCeed. E, neste particular, será digno dos maiores encómios o trabalho levado a cabo pelos designers do construtor de Seul, com o modelo a exibir uma aparência exterior por demais cativante, um crossover que é uma espécie de combinação entre um SUV e um coupé, tendo, até, originado uma nova designação comercial, plasmada no acrónimo CUV (Crossover Utility Vehicle).

Estratégias de marketing à parte, inquestionável parece ser que o XCeed é mesmo uma das melhores criações de sempre da Kia no plano estilístico, sendo ainda mais impactante e apelativo ao vivo do que em fotografia. Graças a um estilo requintado, moderno e distinto, marcado pela linha de cintura baixa, e por um excelente equilíbrio e proporcionalidade entre os vários volumes, combina dinamismo e elegância de uma forma a que é difícil ficar indiferente, não faltando os que com ele se cruzam e nem querem crer que se trate de um Kia…

O visual urbano e extremamente bem conseguido do novo Kia XCeed cativa olhares por onde passa, e surpreende muitos dos que com ele se cruzam

O visual urbano e extremamente bem conseguido do novo Kia XCeed cativa olhares por onde passa, e surpreende muitos dos que com ele se cruzam

Com 4395 mm de comprimento, 1826 mm de largura, 1495 mm de altura e 2650 mm de distância entre eixos, o XCeed, face à outra proposta da gama que aposta (muito) forte na imagem, a Proceed Shooting Brake, é 210 mm mais curto, 26 mm mais largo, 70 mm mais alto e 20 mm mais curto entre eixos. Uma opção que muito ajuda a explicar por que motivo o espaço interior, para passageiros como para bagagens, não deixando de ser muito interessante, ao nível do oferecido pelos melhores representantes da classe nesta matéria, e suficiente para acomodar com relativa facilidade cinco adultos e respectivos pertences, acaba por ser inferior ao disponibilizado pela referida Proceed Shooting Brake. A diferença mais notória encontra-se ao nível da bagageira: com 426 litros, a sua capacidade é 54 litros inferior à da sua “prima direita”, não obstante poder ser ampliada até um máximo de 1378 litros, mediante o rebatimento do banco posterior, além de contar com duplo piso e um óptimo acesso.

De resto, o ambiente interior não difere substancialmente do conhecido dos restantes membros da família Ceed, exibindo um apreciável nível de qualidade geral, garantido por uma construção robusta e materiais, na sua maioria convincentes, macios, e agradáveis tanto à vista como ao tacto – tendendo os que o não são tanto a ser compensados pelos rigorosos acabamentos. A decoração é que será, porventura, um pouco sóbria demais, sobretudo quando em comparação com o arrojo do visual exterior, embora, na versão ensaiada, com o nível de acabamentos de topo, o revestimento em pele de parte dos bancos e do tablier, as aplicações em preto brilhante e o ecrã do sistema infoentretenimento de generosas dimensões (10,25”) muita contribuam para tornar o habitáculo mais sofisticado – beneficiando este, igualmente, da excelente luminosidade interior que lhe é assegurada quando instalado o opcional tecto panorâmico, como era o caso da unidade em apreço.

A posição, mais alta do que num automóvel dito convencional, mas não excessiva e desnecessariamente, e também mais envolvente do que na maioria dos SUV deste segmento, é bastante correcta e fácil de encontrar, por via das várias regulações do banco e volante. O novo painel de instrumentos totalmente digital oferece uma óptima legibilidade, e os bancos dianteiros contam com um apoio lateral apreciável, pelo que o principal reparo, neste capítulo, cai para a visibilidade traseira não muito ampla, consequência praticamente inevitável da adopção de linhas da carroçaria ao estilo coupé.

O ambiente interior não difere muito do dos outros Ceed, a qualidade geral é de bom nível, e o equipamento de série muito completo

O ambiente interior não difere muito do dos outros Ceed, a qualidade geral é de bom nível, e o equipamento de série muito completo

Aposta determinante da Kia em toda a gama Ceed, não constituindo o XCeed excepção, bem pelo contrário, é o desempenho dinâmico, sem dúvida um dos maiores trunfos do modelo, que se posiciona no topo da sua categoria neste particular. Propondo duas opções a gasolina, e outras tantas a gasóleo, aqui em avaliação está a mais potente das turbodiesel, animada pelo conhecido motor 1.6 CRDi de 136 cv (da oferta faz, igualmente, parte da a derivação de 115 cv deste mesmo bloco), no caso combinado com a caixa manual de seis velocidades, o que lhe limita o binário máximo a 280 Nm, constantes entre as 1500-3500 rpm (320 Nm, constantes entre as 2000-2250 rpm, quando em conjugação com a opcional caixa pilotada 7DCT, de dupla embraiagem e sete relações, a qual obriga ao dispêndio adicional de €2000).

Na prática, o primeiro elogio vai para o facto de a unidade motriz raramente se fazer ouvir de forma muito notória, a não ser quando levada ao ser regime máximo de funcionamento, sinal do bom trabalho levado a cabo pelos técnicos ao nível do isolamento do habitáculo, mormente o acústico, capítulo em que este se assume como um dos melhores modelos de sempre da Kia. Sinal mais, também, para a boa capacidade de resposta na maioria das situações, o que se traduz em prestações bastante aceitáveis, ainda que impor ritmos mais acelerados em traçados com maiores variações de velocidades obrigue a um recurso suplementar à caixa (suave, mas não particularmente rápida), devido a uma 5ª e 6ª relações propositadamente mais longas do que o ideal.

O desempenbo dinâmico é outros dos atributos fundamentais do XCeed, que, na versão a gasóleo mais dotada. conjuga agrado e facilidade de condução, boas prestações e consumos em estrada muito contidos

O desempenbo dinâmico é outros dos atributos fundamentais do XCeed, que, na versão a gasóleo mais dotada. conjuga agrado e facilidade de condução, boas prestações e consumos em estrada muito contidos

Em compensação, os consumos são muito bons, óptimos mesmo a velocidades estabilizadas e dentro dos limites impostos pela lei, pelo que, mesmo quando se impõem toadas mais intensas, só quando se pratica uma condução para a qual o XCeed 1.6 CRDi, decididamente, não foi concebido, a média supera os 9.0 l/100 km. Em cidade, o resultado obtido, não deixando de ser meritório, também não é tão convincente, obrigando a alguns cuidados com o pedal da direita para que os valores obtidos não sejam já menos interessantes.

Bem auxiliado pelo bom equipamento pneumático, e apesar da altura ao solo de 184 mm, o XCeed também brilha em termos de comportamento, que se revela sempre muito equilibrado e previsível, ou seja, este é um automóvel extremamente fácil e agradável de conduzir, que faz tudo muito bem, mesmo quando conduzido perto dos limites. O evoluído châssis lida bem com as transferências de massa, controlando bem os movimentos da carroçaria, e sem perder excessivamente tracção nas acelerações mais impetuosas à saída das curvas, inclusive quando se conduz com o controlo de estabilidade totalmente desligado – merecendo ainda uma palavra a direcção suficientemente directa e comunicativa, e o competente sistema de travagem.

Característica que diferencia o XCeed de qualquer outro membro da gama do compacto da Kia é a suspensão, como sempre independente às quatro rodas, mas aqui contando com molas mais macias e, sobretudo, com batentes hidráulicos no eixo dianteiro. Embora estes denotem um funcionamento um pouco mais ruidoso do que os convencionais utilizados nos restantes Ceed, a verdade é que o XCeed, não sendo um “tapete rolante”, até para não prejudicar a forma sempre efectiva como comunica sempre com o condutor, é deveras confortável sobre qualquer tipo de piso, absorvendo com eficácia as irregularidades do piso.

O XCeed é o único membro da gama Ceed a contar com batentes hidráulicos no eixo dianteiro, o que ajuda a garantir um óptimo comforto de marcha, a que se junta um comportamento bastante eficaz

O XCeed é o único membro da gama Ceed a contar com batentes hidráulicos no eixo dianteiro, o que ajuda a garantir um óptimo comforto de marcha, a que se junta um comportamento bastante eficaz

Tudo somado, o no SUV/crossover da Kia apresenta-se com tudo para ser uma das propostas mais interessantes da sua categoria e, assim, poder cumprir com os ambiciosos planos comerciais para si definidos pelo seu construtor. No caso do XCeed 1.6 CRDi Tech, até o preço concorre para tal, e ainda mais enquanto decorrer a campanha de lançamento montada para o modelo pelo importador da Kia para Portugal: apesar de um PVP de €34 640, o desconto vigente de €5300 reduz o seu preço para uns mais do que convincentes €29 340, verba em que se inclui um equipamento de série extremamente completo.

Quem não pretender despender verba tão elevada, mas não dispensar o motor Diesel, pode sempre poupar €4500 optando pela versão de 115 cv com o nível de equipamento Tech, disponível por €26 840. Já as variantes a gasolina são ainda mais acessíveis, com o XCeed equipado com o motor 1.0 T-GDi de 120 cv a ser proposto desde €21 990, estando disponível a partir de €26 490 quando sob o capot está o propulsor 1.4 T-GDi de 140 cv.

Motor
Tipo 4 cil. linha Diesel, transv., diant.
Cilindrada (cc) 1598
Diâmetro x curso (mm) 77,0x85,8
Taxa de compressão 15,9:1
Distribuição 2 v.e.c./16 válvulas
Potência máxima (cv/rpm) 136/4000
Binário máximo (Nm/rpm) 280/1500-3000
Alimentação injecção directa common-rail
Sobrealimentação turbo+intercooler
Dimensões exteriores
Comprimento/largura/altura (mm) 4395/1826/1495
Distância entre eixos (mm) 2650
Largura de vias fte/trás (mm) 1575/1573

Airbag para condutor e passageiro (desligável)
Airbags laterais dianteiros
Airbags de cortina
Controlo electrónico de estabilidade
Assistente aos arranques em subida
Alerta de colisão frontal
Sistema de assistência à manutenção na faixa de rodagem
Alerta de atenção do condutor
Cintos dianteiros com pré-tensores+limitadores de esforço
Fixações Isofix
Travão de estacionamento eléctrico
Alarme
Ar condicionado automático
Computador de bordo
Painel de instrumentos digital de 12,3"
Cruise control+limitador de velocidade
Bancos em pele+tecido
Bancos dianteiros reguláveis em altura
Banco traseiro rebatível 60/40
Volante em pele regulável em altura+profundidade
Sistema de infoentretenimento com ecrã táctil de 10,25″+leitor de mp3+tomadas USB/Aux
Mãos-livres Bluetooth
Sistema de navegação
Sensores de estacionamento traseiros+câmara de estacionamento traseira
Vidros eléctricos FR/TR
Vidros traseiros escurecidos
Retrovisores exteriores eléctricos+aquecidos+rebatíveis electricamente
Retrovisor interior electrocromático
Acesso+arranque sem chave
Carregamento por indução para smartphones
Portão traseiro de operação eléctrica
Barras de tejadilho
Ópticas dianteiras integralmente por LED
Faróis de nevoeiro
Assistente de máximos
Sensor de luz+chuva
Jantes de liga leve de 18"
Sistema de monitorização da pressão dos pneus
Kit de reparação de furos

Pintura Metalizada  (€430)
Tecto panorâmico (€1040)

Pack ADAS (€1100 – inclui: travagem autónoma de emergência com alerta de colisão frontal e detecção de peões; sistema de monitorização do ângulo morto; alerta de tráfego pela rectaguarda)

Qual é a sua reação?
Excelente
67%
Adoro
0%
Gosto
33%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

5 × 2 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.