CompararComparando ...

Novo Renault Twingo Z.E. com 180 km de autonomia

Artigo
Novo Renault Twingo Z.E. com 180 km de autonomia

A Renault acaba de revelar as especificações do novo Twingo Z.E., ainda antes da sua estreia oficial em público, marcada para a próxima semana, no Salão de Genebra. Agora na sua quarta geração, e com quase quatro milhões de unidades vendidas em 25 países, o citadino conhece uma versão totalmente eléctrica (o sétimo modelo do género da marca do losango), que partilha com os restantes membros da sua gama a generalidade das características, como sejam as dimensões exteriores, a habitabilidade, a capacidade da mala ou as ligações ao solo, destas se distinguindo, fundamentalmente, pela sua motorização, e por aquilo que com a mesma mais diretamente se lhe relaciona.

Mas, como não podia deixar de ser, tal não significa que não exista um leque de elementos que permite identificar desde logoo novo Twingo Z.E. É o caso dos elementos em azul no centro das jantes, do emblema “Z.E. Electric” colocado no portão traseiro, ou das aplicações em azul colocadas na secção dianteira e na lateral da carroçaria (a partir do nível de equipamento Intense. No interior, a diferença é ditada, entre outros, pelo logótipo “Z.E.” gravado no punho da alavanca de comando da transmissão; pelas soleiras das portas dianteiras específicas (a partir do nível Zen); e pelos menus específicos do sistema de infoentretenimento Renault Easy Connect, com ecrã táctil de 7” e proposto a partir do nível de equipamento Zen.

A animar o Twingo Z.E. está um motor eléctrico síncrono com 82 cv e 160 Nm, capaz de lhe permitir cumprir os 0-50 km/h em 4,0 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 135 km/h. Ao seu dispor o condutor tem, ainda, um novo modo de condução “B”, que lhe permite optar entre três níveis de intensidade para a travagem regenerativa, para melhor gestão da carga da bateria e uma condução mais fácil em cidade.

A alimentar o motor está uma bateria de iões de lítio da LG Chem, com 22 kWh de capacidade (21,3 kWh utilizáveis), a 400 V e com 165 kg de peso. E a primeira da gama de eléctricos da Renault a contar com refrigeração líquida, e garante ao Twingo Z.E. uma autonomia de até 180 km no ciclo combinado WLTP, ou de cerca de 250 km no ciclo urbano WLTP.

Quanto ao sistema de carregamento, semelhante ao do novo Zoe, é anunciado como o mais flexível da classe, e até quatro vezes mais rápido do que o oferecido pela concorrência, podendo receber carga tanto em corrente contínua como alternada, até 22 kW. Uma recarga completa demora 13h30m numa tomada de corrente doméstica a 2,3 kW e 10 A; 8h00 numa Wallbox monofásica a 3,7 kW e 16 A; 4h00 numa Wallbox monofásica a 3,7 kW e 32 A; ou 2h10m num posto de carregamento trifásico a 16 A. É ainda possível repor 80% da carga em 63 minutos num posto de carregamento rápido trifásico a 32 A.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
100%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.