CompararComparando ...

Peugeot 508 SW 1.5 BlueHDi 130 Auto Business Line

Artigo
Peugeot 508 SW 1.5 BlueHDi 130 Auto Business Line

Visão geral
Marca:

Peugeot

Modelo:

508

Versão:

SW 1.5 BlueHDi 130 Auto Business Line

Ano lançamento:

2019

Segmento:

Familiares médios

Nº Portas:

5

Tracção:

Dianteira

Motor:

1.5 Diesel

Pot. máx. (cv/rpm):

130/3750

Vel. máx. (km/h):

210

0-100 km/h (s):

10,1

Consumos (l/100 km):

4,6-5,4 (Combinado WLTP)

CO2 (g/km):

119-141 (Combinado WLTP)

PVP (€):

40 140/40 730 (Unidade testada)

Gostámos

Comportamento dinâmico, Consumos, Qualidade geral, Conforto, Agrado de condução, Estética

A rever

Espaço e acesso atrás, Visibilidade traseira, Visualização do painel de instrumentos

Nosso Rating
Rating Leitor
Para avaliar, registe-se ou inicie sessão
Qualidade geral
8.0
Interior
8.0
Segurança
6.0
Motor e prestações
8.0
Desempenho dinâmico
9.0
Consumos e emissões
9.0
Conforto
8.0
Equipamento
8.0
Garantias
7.0
Preço
8.0
Se tem pressa...

Versão criada a pensar, principalmente, nos clientes empresariais, mas acessível também ao público em gera, a Peugeot 508 SW 1.5 BlueHDi 130 Auto Business Line tem tudo para agradar: um forte apelo visual exterior e interior, a versatilidade acrescida esperada de uma carrinha, um desempenho dinâmico de referência para a classe e, com a motorização em questão, prestações convincentes e excelentes consumos. O preço é outro factor a ter em conta, em especial enquanto durar a presente campanha que oferece um desconto directo de €4500 sobre o preço final

7.9
Nosso Rating
Rating Leitor
You have rated this
Velocidade máxima anunciada (km/h) 210
Acelerações (s)
0-100 km/h 10,2
0-400 m 17,4
0-1000 m 31,5
Recuperações 60-100 km/h (s)
Em D 5,8
Recuperações 80-120 km/h (s)
Em D 7,8
Distância de travagem (m)
100-0 km/h 35,0
Consumos (l/100 km)
Estrada (80-100 km/h) 3,2
Auto-estrada (120-140 km/h) 4,6
Cidade 6,9
Média ponderada (*) 5,70
Autonomia média ponderada (km) 965
(60% cidade+20% estrada+20% AE)
Medidas interiores (mm)
Largura à frente 1440
Largura atrás 1380
Comprimento à frente 1140
Comprimento atrás 730
Altura à frente 980
Altura atrás 960

Ao criar a 508 SW 1.5 BHDi 130 Auto Business Line, a Peugeot apostou, decidida e assumidamente, numa versão da variante carrinha da mais recente geração do seu familiar médio que, como o próprio nome indica, visa satisfazer, essencialmente, os requisitos das empresas que pretendem colocar ao seu serviço um veículo desta categoria (embora também esteja disponível para o público em geral). Para tal adicionando ao nível de equipamento Active, de acesso à gama, alguns elementos que a filial portuguesa da marca do leão acredita serão valorizados pelos seus utilizadores alvo.

É o caso das ópticas dianteiras integralmente por LED; da versão mais evoluída do painel de instrumentos totalmente digital e configurável (i-Cockpit Amplify de seu nome); da navegação conectada; das duas tomadas USB dianteiras; do banco do condutor ergonómico com certificação AGR; do selector de modos de condução; dos sensores de estacionamento dianteiros; do portão traseiro com operação “mãos-livres”; do carregamento por indução para smartphones; dos vidros traseiros escurecidos; e da roda suplente de emergência. Ao mesmo tempo, nas unidades com motor 1.5 BlueHDi, como é o caso, as jantes de 17” com pneus 215/55 deram lugar a jantes de 16” revestidas por pneus 215/60.

A forma extremamente feliz como os designers da Peugeot criaram a secção traseira torna a 508 SW pelo menos tão apelativa estilisticamente quanto a berlina

A forma extremamente feliz como os designers da Peugeot criaram a secção traseira torna a 508 SW pelo menos tão apelativa estilisticamente quanto a berlina

Seja em que configuração de carroçaria, nível de equipamento ou motorização for, inequívoco que é a imagem continua a ser determinante para o novo 508, e sê-lo-á, porventura, ainda mais, na derivação break, porque ser esta ainda mais jovial, distinta e dinâmica do que a berlina. Em boa verdade, parece não parece haver muito quem não goste da nova 508 SW, e a maioria deixa-se encantar por um modelo em que a muito bem resolvida, desde logo em termos estilísticos, secção traseira é mesmo a sua razão de existir, e o que marca a diferença face à berlina – e a que se juntam as formas elegantes e agressivas da carroçaria, já conhecidas do quatro portas, as janelas sem molduras e os grupos ópticos com assinatura luminosa em forma de “garra”.

Neste ponto, referência obrigatória para a bagageira, aquilo que, no fundo, maior versatilidade de utilização garante à 508 SW: com 530 litros com os cinco lugares montados, ampliáveis até um máximo de 1780 litros mediante o rebatimento assimétrico do banco traseiro, oferece uma capacidade que não é referencial para o segmento, mas cumprirá com as exigências da maioria, em particular dos mais sensíveis ao apelo estético, e cientes de que o mesmo nem sempre é conciliável com outros atributos. Em compensação, as operações de carga e descarga serão muito facilitadas pelo excelente acesso à mala, garantido tanto pela ampla largura do compartimento de carga como pela reduzida altura do mesmo.

A bagageira não é a maior da classe, mas oferece um plano de carga amplo e baixo, que muito facilita a respectiva utilização

A bagageira não é a maior da classe, mas oferece um plano de carga amplo e baixo, que muito facilita a respectiva utilização

Também não mais do que mediano é o espaço disponível a bordo, em especial atrás, onde a habitabilidade só consegue ser aceitável por via do formato e colocação do banco posterior, que obriga os ocupantes a adoptar uma postura excessivamente vertical das respectivas costas para que as pernas usufruam de algum desafogo, o que tenderá a condicionar o conforto nas tiradas mais longas. Também neste particular, o design volta a influir na vertente prática, uma vez que a linha acentuadamente descendente do tejadilho torna mais difícil do que o desejável o acesso aos lugares traseiros, mesmo que, aí, o espaço disponível em altura até seja um pouco mais generoso do que na berlina.

Ainda no interior, é inevitável referir um design e uma decoração que fazem pleno jus às formas da carroçaria, contribuindo de forma determinante para a criação de um ambiente tecnológico e vanguardista, em que salta à vista a consola central inclinada, evocativa do mundo aeronáutico. Por seu turno, a qualidade geral é digna de encómios, e a posição de condução muito boa, graças, também, aos bancos confortáveis, mas sem deixar de proporcionar uma razoável envolvência, e a uma ergonomia isenta de reparos de maior. O grande senão, neste particular, continua a ser o famoso i-Cockpit, por obrigar, como é a praxe, os condutores de estatura média, ou inferior à média, a conduzir com o volante demasiado baixo para conseguirem visualizar o painel de instrumentos.

Decoração primorosa e elevada qualidade geral num interior em que o i-Cockpit, mesmo na sua mais recente evolução, continua a não convencer

Decoração primorosa e elevada qualidade geral num interior em que o i-Cockpit, mesmo na sua mais recente evolução, continua a não convencer

Factor que continua a destacar o 508 da nova geração é o seu desempenho dinâmico, algo que também se aplica à 508 SW, mesmo quando equipada com o motor de acesso à gama, o conhecido turbodiesel 1.5 BlueHDi de 130 cv e 300 Nm logo às 1750 rpm, unidade de funcionamento bastante suave e silencioso q.b., aqui combinada com a igualmente suave e bastante rápida caixa automática de oito velocidades. Saliente-se que, embora este nível de equipamento, conjugado com este motor, também esteja disponível com caixa manual de seis velocidades, o nível Business Line é o primeiro, na hierarquia da gama, em que é possível aliar esta mesma unidade motriz à caixa automática.

E este é um binómio que, não fazendo, naturalmente, da 508 SW 1.5 BHDi 130 Business Line uma velocista, dá muito boa conta de si, permitindo ao veículo cumprir com todos os pressupostos que se esperam de um automóvel com este posicionamento, em termos de prestações como de consumos. Em ambos os casos, os valores obtidos forem muito idênticos aos registados pela berlina equivalente (a carrinha também só anuncia um acréscimo de peso de 10 kg), o que significa que o modelo não só oferece a desenvoltura suficiente para que a condução seja muito agradável e despreocupada na esmagadora maioria das situações, como a frugalidade é mesmo um dos seus maiores trunfos, com a média combinada a ficar abaixo dos 6,0 l/100 km numa utilização sem preocupações de maior com o pedal da direita.

Senhora de uma das melhores relações eficácia/conforto da classe, esta acaba, pois, por ser uma carrinha que se presta, acima de tudo, a uma utilização condicente com o seu carácter iminentemente familiar, sem pressas de maior (embora não deixe de ser possível adoptar ritmos por demais interessantes em cruzeiro). É deste modo que melhor sobressaem predicados como a boa insonorização do habitáculo, a solicitude do motor em praticamente todos regimes de funcionamento, a facilidade de condução garantida por um evoluído châssis capaz de proporcionar, ainda, um soberbo conforto de marcha, mesmo quando a qualidade do piso se degrada, graças à forma exemplar como são digeridas as respectivas irregularidades.

A relação eficácia/comportamento da 508 SW é, muito provavelmente, a melhor do segmento, o que diz muito do seu conforto de marcha ou da sua capacidade para proporcionar bons momentos de prazer ao volante

A relação eficácia/comportamento da 508 SW é, muito provavelmente, a melhor do segmento, o que diz muito do seu conforto de marcha ou da sua capacidade para proporcionar bons momentos de prazer ao volante

E embora não sejam notórias grandes diferenças em termos de desempenho entre os modos de condução Eco, Normal e Sport, não será isso que impedirá os mais aguerridos de desfrutarem de bons momentos de condução, de puro prazer, até, ao volante da 508 SW 1.5 BHDi 130 Business Line. Não obstante os pneus de perfil mais elevado do que nas restantes versões, o comportamento continua a ser excelente, por via de um eixo dianteiro incisivo e deveras preciso, de uma traseira confiável e relativamente ágil (não é possível desligar o controlo electrónico de estabilidade, mas apenas o controlo de tracção, e desde que abaixo dos 50 km/h), de um perfeito controlo dos movimentos da carroçaria, mesmo nas trocas de apoio mais abruptas, e de uma direcção bastante directa e comunicativa. Com as patilhas no volante, para comando manual em sequência da caixa, a garantirem um controlo mais efectivo da transmissão.

Por tudo isto, há que reconhecer que, mesmos nas suas vestes mais “empresariais”, a novel carrinha francesa é um modelo a que não faltam qualidades para agradar e convencer. E em que até o posicionamento comercial, garantido por uma competitiva relação preço/equipamento, merece elogios. Oficialmente, pela 508 SW 1.5 BHDi 130 Business Line, a Peugeot pede uns já de si apelativos €40 140, mas, enquanto vigorar a campanha actualmente em curso, que atribui um desconto directo de €4500 na compra deste modelo, é possível adquirir esta carrinha por não mais do que €35 640 – verba a que ainda podem ser deduzidos €2260 a quem dispensar a caixa automática.

 

Motor
Tipo 4 cil. linha Diesel, transv., diant.
Cilindrada (cc) 1499
Diâmetro x curso (mm) 75,0x84,8
Taxa de compressão 16,0:1
Distribuição 2 v.e.c./16 válvulas
Potência máxima (cv/rpm) 130/3750
Binário máximo (Nm/rpm) 300/1750
Alimentação injecção directa common-rail
Sobrealimentação turbocompressor+intercooler
Dimensões exteriores
Comprimento/largura/altura (mm) 4778/1859/1420
Distância entre eixos (mm) 2793
Largura de vias fte/trás (mm) 1601/1597
Jantes – pneus 7Jx16″ – 215/60 (Goodyear Efficient Grip Performance)
Pesos e capacidades
Peso (kg) 1430
Relação peso/potência (kg/cv) 11,0
Capacidade da mala/depósito (l) 530-1780/55
Transmissão
Tracção dianteira
Caixa de velocidades automática de 8+m.a.
Direcção
Tipo cremalheira com assistência eléctrica
Diâmetro de viragem (m) 10,8
Travões
Dianteiros (ø mm) Discos ventilados (304)
Traseiros (ø mm) Discos maciços (268)
Suspensões
Dianteira Pseudo MacPherson
Traseira Multilink
Barra estabilizadora frente/trás sim/sim
Garantias
Garantia geral 2 anos sem limite de km
Garantia de pintura 3 anos
Garantia anti-corrosão 12 anos
Intervalos entre manutenções 30 000 km ou 12 meses

Airbag para condutor e passageiro (desligável)
Airbags laterais dianteiros
Airbags de cortina
Controlo electrónico de estabilidade
Assistente aos arranques em subida
Alerta de fadiga do condutor
Pack Safety (inclui: travagem autónoma de emergência com alerta de colisão; alerta de transposição involuntária da faixa de rodagem; sistema de leitura de sinais de trânsito)
Sistema de capot activo
Cintos dianteiros com pré-tensores e limitadores de esforço
Fixações Isofix
Travão de estacionamento eléctrico
Cruise-control adaptativo+limitador de velocidade
Selector de modos de condução
Ar condicionado automático bizona
Computador de bordo
Bancos dianteiros com regulação em altura
Banco do condutor com regulação eléctrica da inclinação das costas e do apoio lombar
Banco rebatível 60/40
Volante em pele regulável em altura+profundidade
Volante multifunções
Direcção com assistência eléctrica variável
Rádio com leitor de mp3+ecrã táctil de 8″+6 altifalantes+2 tomadas USB
Sistema de navegação conectada
Mãos-livres Bluetooth
Sistema de carregamento por indução para smartphones
Vidros eléctricos FR/TR
Vidros traseiros escurecidos
Retrovisores exteriores eléctricos+aquecidos+rebatíveis electricamente
Sensores de estacionamento dianteiros+traseiros
Pack Visibilidade (sensor de chuva+sensor de luz+retrovisor interior electrocromático)
Luzes diurnas por LED
Iluminação interior por LED
Jantes de liga leve de 16″
Pneu suplente de emergência
Sistema de monitorização da pressão dos pneus
Barras de tejadilho em alumínio
Portão traseiro com abertura mãos-livres

Pintura metalizada (€590)

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

3 + 15 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.