CompararComparando ...

Seat Leon ST 1.6 TDI 105 cv Style Ecomotive

Artigo
Seat Leon ST 1.6 TDI 105 cv Style Ecomotive

Visão geral
Marca:

Seat

Modelo:

Leon

Versão:

ST 1.6 TDI 105 cv Style Ecomotive

Ano lançamento:

2014

Segmento:

Familiares compactos

Nº Portas:

5

Tracção:

Dianteira

Motor:

1.6 Diesel

Pot. máx. (cv/rpm):

105/3000-4000

Vel. máx. (km/h):

191

0-100 km/h (s):

11,0

CO2 (g/km):

99

PVP (€):

27 760/30 291

Gostámos

Consumos, Comportamento, Versatilidade, Relação preço/equipamento, Estética

A rever

Insonorização perfectível, Conforto com jantes opcionais de 17"

Nosso Rating
Rating Leitor
Para avaliar, registe-se ou inicie sessão
Qualidade geral
8.0
Interior
7.0
Segurança
7.0
Motor e prestações
7.0
Desempenho dinâmico
9.0
Consumos e emissões
7.0
Conforto
6.0
Equipamento
10
Garantias
6.0
Preço
9.0
Se tem pressa...

A mais acessível das versões Diesel e, também, uma das mais apetecidas variantes da nova Seat Leon ST no mercado luso. Consumos comedidos, óptima relação preço/equipamento e um desempenho dinâmico em linha com a sua vocação familiar justificam o interesse que esta carrinha tem despertado junto do público português

7.6
Nosso Rating
Rating Leitor
You have rated this

 

Na gama da nova Seat Leon ST, tenho para mim que a versão 1.4 TSI (já analisada em detalhe aqui na Absolute Motors) continua a ser a mais equilibrada e interessante para o mercado português (até por ser cerca de €2000 mais barata que a sua mais acessível correspondente a gasóleo). Só que as preferências da maioria continuarão a ir para as variantes Diesel; e, de entre estas, a que decerto reunirá maior número de adeptos será a que agora se avalia, equipada com o conhecido motor 1.6 TDI de 105 cv, caixa manual de cinco velocidades e, no caso, nível de equipamento Style – aquele que já inclui a maioria daqueles “mimos” que não é fácil dispensar num país onde comprar (e manter) um automóvel continua a ser um encargo tão elevado.

Face à sua referida homóloga a gasolina, esta derivação a gasóleo mantém intocada a generalidade dos atributos que têm permitido à nova carrinha espanhola registar um apreciável acolhimento junto do público. Caso das linhas francamente originais, em particular as da secção traseira, que lhe conferem uma aparência única, permitindo-lhe destacar-se das suas rivais e, ao mesmo tempo, manter aquele ar dinâmico e agressivo típico de todos os Leon, garantido pelas vincadas arestas e pela baixa linha de cintura.

Muito por culpa de uma secção traseira francamente original, que não perverte em nada as formas definidas para as versões de três e cinco portas, a Seat Leon ST é uma das mais distintas carrinhas do momento no seu segmento

Muito por culpa de uma secção traseira francamente original, que não perverte em nada as formas definidas para as versões de três e cinco portas, a Seat Leon ST é uma das mais distintas carrinhas do momento no seu segmento

Versatilidade é o que também não falta à Leon ST. Também por via do aumento do comprimento total em 27 cm face à versão de cinco portas, a bagageira oferece nada menos do que 587 litros com o banco traseiro na sua posição normal (ou seja, mais 207 litros do que na berlina), podendo este valor ser ampliado até um máximo de 1470 litros. Para além do mais, o piso da mala é variável entre duas alturas elegíveis pelo utilizador; o rebatimento das costas do banco posterior pode ser realizado num só movimento a partir da própria mala; a chapeleira recolhe através de um único toque e conta com um espaço próprio para aí ser arrumada quando não estiver a ser utilizada; e não faltam espaços para arrumação de objectos mais pequenos um pouco por todo o interior.

Também comuns aos restantes Leon são a boa habitabilidade, inclusive atrás; a apreciável qualidade de construção e materiais; a correcta ergonomia; o equipamento de série generoso, que, para mais, nesta fase de lançamento, inclui como oferta (no valor de €1152) os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros com ecrã de monitorização da aproximação aos obstáculos e o sistema de navegação.

Mesmo não sendo uma referência para a classe, a capacidade da mala é bastante generosa, o respectivo piso pode ser posicionado em duas alturas e as costas do banco traseiro rebatem-se num só movimento através dos manípulos existentes para o efeito nos painéis laterais da bagageira

Mesmo não sendo uma referência para a classe, a capacidade da mala é bastante generosa, o respectivo piso pode ser posicionado em duas alturas e as costas do banco traseiro rebatem-se num só movimento através dos manípulos existentes para o efeito nos painéis laterais da bagageira

Temos, assim, que o que realmente marca a diferença nesta Leon ST 1.6 TDI é a sua mecânica. O motor de 1598 cc é um velho conhecido que nunca primou, propriamente, pelo silêncio de funcionamento, nomeadamente a frio. Por outro lado, face aos melhores exemplos desta categoria, o seu rendimento também não é dos mais referenciais, ficando-se pelos 105 cv e por um binário máximo de 250 Nm, ainda que com a vantagem de estar disponível logo a partir das 1750 rpm, assim se mantendo até Às 2750 rpm.

Perante isto, e tendo em conta que a transmissão manual não oferece mais do que cinco relações, a última das quais propositadamente muito desmultiplicada, para reduzir os consumos em estrada, não será difícil imaginar que os melhores atributos desta carrinha vêm ao de cima quando sujeita a uma utilização não muito exigente em termos de prestações, antes orientada para a economia de combustível e para o transporte da família a ritmos moderados. Prova disso mesmo, os mais de onze segundos necessários para cumprir os tradicionais 0-100 km/h.

Por oposição, quando se conduz de forma despreocupada, a boa disponibilidade de binário, logo desde os regimes mais baixos, não só evita o recurso constante à caixa como é capaz de se traduzir em consumes de excelência, sendo extremamente fácil garantir médias inferiores a 5,0 l/100 km em estrada e, sobretudo, em auto-estrada. Em cidade, o sistema start/stop ajuda a que o gasto de gasóleo, mesmo não sendo tão exemplar, continue a ser suficientemente contido.

Com não mais do que 105 cv, o motor de 1,6 litros sublinha a vocação familiar deasta versão da Seat Leon ST, destacando-se mais pelos baixos consumos do que pela performance

Com não mais do que 105 cv, o motor de 1,6 litros sublinha a vocação familiar deasta versão da Seat Leon ST, destacando-se mais pelos baixos consumos do que pela performance

Ao volante (a posição de condução é muito boa, ainda que os bancos pudessem oferecer um suporte mais significativo), não são precisos muitos quilómetros para concluir que as qualidades do châssis vão muito para além das capacidades do motor. Tendo por base a nova plataforma MQB do grupo VW, a Leon ST 1.6 TDI de 105 cv beneficia de um eixo dianteiro muito preciso e incisivo, que incita a adoptar ritmos mais empenhados, os quais o motor tem dificuldade em garantir. Não obstante, é gratificante a sensação de segurança e facilidade de condução proporcionada pela honestidade de reacções e pela elevada estabilidade a alta velocidade.

O conforto também se situa em bom plano, a não ser nos pisos em pior estado de conservação. Aqui, a afinação de suspensão mais firme adoptada por todos os Leon face a outros modelos que fazem uso da mesma plataforma, em conjunto com o eixo posterior semi-rígido (só nas versões mais potentes esta plataforma recorrer à mais evoluída suspensão multi-link traseira) e as opcionais jantes de 17” com pneus de baixo perfil, torna bastante mais notórias do que aquilo que seria ideal as irregularidades do asfalto. Aliás, tendo em conta a ausência de qualquer pretensão desportiva deste modelo, a opção por estas jantes só se justifica mesmo à luz de um maior apelo visual.

Ainda que o motor esteja nitidamente aquém das capacidades do châssis, nem por isso a Seat Leon ST 1.6 TDI deixa de ser um automóvel bastante agradável de conduzir, até pela reconfortante sensação de segurança que transmite

Ainda que o motor esteja nitidamente aquém das capacidades do châssis, nem por isso a Seat Leon ST 1.6 TDI deixa de ser um automóvel bastante agradável de conduzir, até pela reconfortante sensação de segurança que transmite

Decididamente vocacionada para uma utilização familiar, a Seat Leon ST 1.6 TDI Style acaba por se assumir como uma proposta bastante competente e equilibrada desde que lhe não seja exigido aquilo para que não foi concebida. Residindo outros dos seus grandes trunfos na economia de utilização, já que aos consumes comedidos há que aliar um competitivo posicionamento commercial, garantido pelo preço concorrencial (€27 760 euros) conjugado com um completo equipamento de série – e ainda mais nesta fase de lançamento.

Kit anti-furo
Airbag para condutor e passageiro (desligável)
Airbags laterais dianteiros
Airbags de cortina
Airbag para os joelhos do condutor
Controlo electrónico de estabilidade
Diferencial electrónico XDS
Cintos dianteiros com pré-tensores e limitadores de esforço
Fixações Isofix
Assistente aos arranques em subida
Ar condicionado automático bizona Climatronic
Computador de bordo
Bancos dianteiros reguláveis em altura
Banco rebatível 60/40
Gaveta sob o banco do condutor
Volante em pele regulável em altura+profundidade
Volante multifunções
Direcção com assistência eléctrica variável
Rádio com leitor de CD/mp3+cartão SD+6 altifalantes+entradas USB/Aux
Mãos-livres Bluetooth
Vidros eléctricos FR/TR
Retrovisores exteriores eléctricos+aquecidos
Cruise-control
Faróis de nevoeiro com função de curva
Jantes de liga leve de 16″
Barras de tejadilho cromadas
Mala com duplo piso
Oferta Pacote de lançamento no valor de €1152 (inclui sensores de estacionamento FR/TR com ecrã de monitorização+sistema de navegação+sistema de som com 8 altifantes)

Pacote Assistência à Condução (€303 – inclui câmara multifunções para assistente de máximos e ajuda à manutenção na faixa de rodagem)
Pacote Família (€253, inclui cortinas nas janelas traseiras+meas nas costas dos bancos dianteiros)
Pacote Conveniência (€111 – inclui sensor de luz+sensor de chuva+espelho retrovisor interior electrocromático)
Vidros traseiros escurecidos (€202)
Rede divisória na bagageira (€162)
Jantes de liga leve de 17″ com pneus 225/45 (€293)
Faróis dianteiros e traseiros por LED (€1207)

Qual é a sua reação?
Excelente
100%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    8 + 1 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.