CompararComparando ...

Valorpneu é a entidade gestora dos pneus em fim de vida

Artigo
Valorpneu é a entidade gestora dos pneus em fim de vida

A Valorpneu é uma sociedade de direito privado, sem fins lucrativos, que foi constituída em 2002.

Na sequência de publicação de legislação sobre pneus em fim de vida, os produtores de pneus organizaram-se, conjuntamente com os industriais dos sectores de recauchutagem de pneus e de borracha e formaram a Valorpneu. A ACAP, enquanto representante de produtores, esteve na origem da empresa e participa em 60% no capital.

O Sistema Integrado de Gestão de Pneus Usados (SGPU) começa com a introdução de pneus novos ou usados no mercado nacional, pelas entidades que são consideradas “Produtores”. Assim, qualquer empresa que adquira fora de Portugal pneus novos ou usados (incluindo os que equipam veículos, aeronaves ou outros equipamentos) e os coloque no mercado nacional tem de celebrar um contrato com a Valorpneu, para que esta possa facturar o Ecovalor respectivo. Trata-se de uma prestação financeira, devida aquando da venda de um pneu e cobrado pelos produtores de pneus, que financia o SGPU e que remunera a prestação do seu serviço. Atualmente a Valorpneu conta com a adesão de 1.768 produtores aderentes ao sistema.

Os detentores de pneus usados têm ao seu dispor uma rede de 40 Pontos de Recolha no Continente, 8 na Região Autónoma dos Açores e 1 na Região Autónoma da Madeira, onde podem entregar a custo zero os pneus usados. Posteriormente os pneus são encaminhados dos Pontos de Recolha para os Pontos de Destino – 29 Recauchutadores e 8 Valorizadores, sendo processados de acordo com as metas estabelecidas em sede de licença. O SGPU recolhe e valoriza a totalidade dos pneus usados gerados em Portugal.

A rede de valorização inclui quatro valorizadores energéticos, três recicladores e um fragmentador. Os recicladores dispõem de instalações com larga experiência na produção de granulado de borracha, podendo este produto ser utilizado em aplicações tão distintas como o enchimento de campos de relva sintética, em misturas betuminosas com borracha para pavimentação de vias de circulação, em pavimentos de parques infantis, na indústria de isolamentos ou em artefactos de borracha, entre outras.

É igualmente missão da Valorpneu, a investigação e desenvolvimento de novos métodos e de novas aplicações para o tratamento dos pneus em fim de vida, bem como promover estudos para definição de regras e procedimentos de gestão dos pneus usados de forma a aumentar os níveis de eficiência dos processos e atingir resultados de gestão de excelência. Nesta área a empresa tem desenvolvido várias iniciativas, sendo uma delas o “Prémio Inovação Valorpneu” que visa o envolver os jovens investigadores nesta temática.

Por outro lado, incumbe também à Valorpneu a comunicação e sensibilização de boas práticas em matéria ambiental relativa aos pneus, pelo que anualmente, através de diferentes meios, faz chegar informação do sistema aos diversos públicos envolvidos.

O SGPU recolheu e valorizou um milhão de toneladas de pneus usados, até abril de 2014, sendo que 21,5% dos pneus foram recauchutados, 47,3% foram reciclados e 29,2% foram valorizados energeticamente. Deste modo, o funcionamento do SGPU evitou a emissão de 1.560 kg de CO2-eq de gases com efeito de estufa e o consumo de 46,5 GJ de energia, por tonelada de pneu gerida.

Além dos benefícios ambientais, a atividade do SGPU gerou importantes benefícios económicos e sociais, ao contribuir anualmente com 78 milhões de euros para a riqueza nacional (VAB), e tendo sido responsável pela criação de 970 postos de trabalho diretos e 1.013 indiretos ou induzidos.

Hélder Pedro
Secretário-geral da ACAP

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
Hélder Pedro
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

19 − 13 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.