CompararComparando ...

Infiniti não abdica da Europa: aposta nos eléctricos a partir de 2021

Artigo
Infiniti não abdica da Europa: aposta nos eléctricos a partir de 2021

A Infiniti não tem tido vida fácil na Europa nos últimos tempos, mas não pretende abdicar da sua presença no Velho Continente. Mesmo que as suas vendas no mercado europeu tenham caído mais de 50% em 2018, e, de momento, a presença da divisão de luxo na Nissan na Europa esteja limitada ao familiar compacto Q30 e ao SUV compacto QX30 (a que se juntarão, em meados do ano, o híbrido Q50h, e, no final de 2019, um novo SUV, de seu nome QX50 – equipado com o motor 2.0 turbo a gasolina dotado da inovadora tecnologia de taxa de compressão variável, que promete combinar os consumos de um quatro cilindros com o rendimento de um V6.

Mas a grande aposta europeia da Infiniti será mesmo a electrificação. O seu reposicionamento enquanto “marca eléctrica” está previsto para 2021, altura em que terá início o lançamento de uma nova gama de modelos eléctricos e híbridos, estes últimos recorrendo à solução e-Power, da Nissan, já utilizada no Japão, no Note, e com assinalável aceitação por parte dos consumidores. O caminho que a marca pretende seguir no futuro foi, de algum modo, antecipado também pelo QX Inspiration, protótipo de um SUV totalmente eléctrico dada a conhecer em meados de Janeiro, no Salão de Detroit.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    4 × 3 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.