CompararComparando ...

Novo Kia Ceed já é oficial. Chega no Verão

Artigo
Novo Kia Ceed já é oficial. Chega no Verão

A Kia decidiu não esperar pela abertura de portas do Salão de Genebra e revelou já o novo Ceed. A terceira geração do compacto sul-coreano, totalmente desenvolvida na Europa, e em exclusivo para a Europa, entrará em produção em Maio, na fábrica que a marca possui em Zilina, na Eslováquia, estando o arranque da comercialização agendado para o início do terceiro trimestre deste ano, naturalmente incluindo a garantia exclusiva de 7 anos ou 150 mil quilómetros da Kia.

Como a Absolute Motors havia já aqui referido, o modelo muda o seu nome de cee’d para Ceed (que funciona como acrónimo de “Community of Europe with European Design”), esperando a Kia que este assuma ainda maior protagonismo nas suas vendas no Velho Continente. Por isso, em Genebra, o Ceed não só fará a sua primeira aparição perante o grande público na versão hatchback de cinco portas, como revelará em primeira mão a segunda variante da carroçaria da gama, a carrinha – a que se juntará, no Outono, uma shooting brake inspirada no protótipo Proceed, mostrado no passado Salão de Frankfurt, e, mais tarde, um SUV, sendo abandonada a configuração de três portas.

Visualmente, a inspiração para o novo Ceed, desenhado no centro de estilo europeu da Kia em Frankfurt, sob a direcção de Gregory Guillaume e Peter Schreyer, proveio do aclamado Stinger, sendo 23 mm mais baixo, 20 mm mais largo e contando com uma projecção traseira 20 mm mais curta do que o seu antecessor, tendo a projecção dianteira crescido 20 mm. As formas são mais rectilíneas, a dianteira passa a ser dominada pela célebre grelha do tipo “tiger nose” e pelas luzes diurnas por LED semelhantes às das anteriores versões GT e GT-Line (ópticas dianteiras totalmente por LED em opção), o perfil é marcado pelo largo pilar traseiro e, na traseira, o destaque vai para o novo grafismo dos farolins por LED.

O interior promete oferecer uma ergonomia até aqui desconhecida do Ceed, bem como materiais de superior qualidade. O tablier disposto horizontalmente, dividido em duas zonas e orientado para o condutor, os acabamentos mais refinados e o espaço disponível mais generoso são outros atributos a reter no habitáculo, para este último contribuindo a largura de 1800 mm da carroçaria, para uma altura de 1447 mm e uma distância entre eixos de 2650 mm que se mantém da geração anterior, pese embora o modelo tenha por base a nova plataforma K2 da Kia. A bagageira, por seu turno, passa a dispor de 395 litros de capacidade.

Para cumprir com o seu desígnio de satisfazer em pleno as exigências dos condutores europeus, mormente em matéria de desempenho dinâmico, o novo Ceed dispõe de uma nova suspensão independente às quatro rodas, de uma taragem das molas e dos amortecedores revista e de uma direcção mais rápida. Já a gama de motores inclui as unidades 1.0 T-GDi de 120 cv; 1.4 MPI de 100 cv; 1.4 T-GDi de 140 cv; e 1.6 CRDi de 115 cv e 136 cv – sempre combinadas de série com a caixa manual de seis velocidades, estando disponível, em opção, para as variantes 1.4 T-GDi e 1.6 CRDi a nova caixa pilotada de dupla embraiagem e sete velocidades da Kia.

A Kia destaca, também, no novo Ceed, o sistema de infoentretenimento com sistema de som e ecrã táctil de 5,0” ou 7,0” (8,0” quando dotado de sistema de navegação, estando ainda disponível o sistema hi-fi da JBL) – sendo de série em todas as versões a ligação mãos-livres Bluetooth, o sensor de luz, o acesso sem chave e o selector dos modos de condução, com as opções Normal e Sport. Entre as opções disponíveis encontra-se o Eco Pack, que inclui a cobertura inferior do châssis, a suspensão rebaixada, os pneus Michelin de baixa resistência ao rolamento e o chamado Active Air Flap, em que uma aleta na grelha dianteira fecha ou abre consoante as necessidades de refrigeração do motor, optimizando o desempenho aerodinâmico, logo, os consumos.

Em termos de sistemas de assistência à condução, o novo Ceed pode contar com dispositivos como: assistente de máximos; alerta de atenção do condutor; alerta de saída involuntária da faixa de rodagem; travagem automática de emergência com alerta de colisão e reconhecimento de peões; cruise control adaptativo com função Stop & Go; monitorização do ângulo morto; alerta de colisão traseira; e auxílio ao estacionamento inteligente. É, igualmente, o modelo que estreia, na Europa, o sistema de assistência à manutenção na faixa de rodagem, tecnologia de condução autónoma de nível 2, capaz de funcionar entre os 0-130 km/h.

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    3 × 4 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.