CompararComparando ...

Novo Kia XCeed em Portugal desde €21 990

Artigo
Novo Kia XCeed em Portugal desde €21 990

Chama-se XCeed, é a nova coqueluche da Kia e a mais recente adição, a quarta, à gama do familiar compacto da marca sul-coreana, juntando-se aos já conhecidos Ceed, Ceed SW e ProCeed Shooting Brake – uma variedade invulgar neste segmento. E que continuará a crescer em 2020, com a electrificação da gama: no primeiro trimestre do próximo ano chegarão as derivações mild hybrid a gasóleo, com sistema eléctrico de 48 Volt e alternador/motor de arranque integrados, a toda a gama Ceed (as mesmas motorizações 1.6 CRDi MHEV de 115 cv e 136 cv já lançadas no renovado Sportage – saiba mais aqui); no segundo trimestre será a vez do lançamento das opções híbridas plug-in da Ceed SW e do XCeed (com a mesma mecânica do Niro PHEV).

Mas, para já, a grande novidade é mesmo o XCeed, modelo que promete assumir tal preponderância nas vendas do seu construtor no nosso país, ou não fosse este o tipo de carroçaria da “moda” um pouco por tudo o mundo, que o importador luso da Kia refere, mesmo, que este será o seu lançamento mais importante dos próximos dois anos. Ao ponto de antever que a gama Ceed, nas suas mais diversas variantes, deverá muito em breve passar a ser a mais decisiva para o seu desempenho comercial no mercado português.

Visualmente, será difícil o novo SUV não cativar: partilhando apenas um painel de carroçaria com outros membros da gama Cedd (no caso, as portas dianteiras, as mesmas da carroçaria de dois volumes e meio e cinco portas), o XCeed exibe linhas atraentes e muito bem conseguidas, cada vez mais próximas dos gostos europeus, e uma personalidade muito própria. Em destaque, neste particular, a linha de tejadilho ao estilo coupé; a grelha de lâmina dupla; os faróis integralmente por LED (de série em todas as versões); os farolins posteriores de desenho exclusivo; as jantes de 18” (também de série em todas as versões); os guarda-lamas alargados; e o difusor traseiro com dupla ponteira de escape integrada. A paleta de cores disponíveis inclui todas as já conhecidas da restante gama Ceed, e ainda inédito amarelo exclusivo do XCeed.

No interior, os principais pontos a reter são o sistema de infoentretenimento dotado de ecrã táctil de 10,25”, com informação tripartida, e capacidade de emparelhamento de dois dispositivos via Bluetooth para ligações multimédia (apenas uma para telefone); e o painel de instrumentos totalmente digital e configurável, com ecrã de 12,3”, solução que, em breve, será disponibilizada também na ProCeed Shooting Brake. Os estofos são parcialmente revestidos a pele nos dois níveis de equipamento disponíveis, Drive e Tech, estando como elementos de personalização adicional disponível o chamado Pack Yellow, que inclui aplicações e costuras dos bancos de cor amarela.

Com 4395 mm de comprimento, 1826 mm de largura e 1495 mm de altura, o XCeed é 85 mm mais comprido, 26 mm mais largo e 48 mm mais alto do que o Ceed, ao passo que a sua altura ao solo de 184 mm é liminarmente superior à do Sportage. A habitabilidade promete ser um dos seus trunfos, assim como uma bagageira cuja capacidade de 426 litros com todos os lugares disponíveis é 31 litros superior á do Ceed, e apenas 4 litros inferior à do Nissan Qashqai, que continua a ser a grande referência da classe.

Quanto a motores, e numa primeira frase, o XCeed vai contar com os serviços do três cilindroa a gasolina 1.0 T-GDi de 120 cv, do 1.4 T-GDi, também a gasolina, de 140 cv, e das derivações de 115 cv e 136 cv do turbodiesel 1.6 CRDi. A tracção é sempre dianteira, e a caixa manual de seis velocidades proposta de série em todas as versões, estando, por €2000, disponível para todas as variantes, à excepção da mais acessível, a caixa 7DCT de dupla embraiagem e sete relações.

Para uma dinâmica mais apurada, e de acordo com a sua vocação, o XCeed também recebeu algumas modificações face aos restantes membros da família Ceed. Caso da afinação da suspensão (em exclusivo na gama dotada de batentes hidráulicos no eixo dianteiro, para um maior conforto de marcha); do sistema de travagem; da calibragem do ESP; das jantes e pneus que monta de série; e a afinação da direcção.

Em Portugal, a gama do XCeed alinhar-se-á em torno das motorizações e dos níveis de equipamento já referidos, com o Drive a já incluir de série, a par do acima mencionado, ar condicionado automático, câmara de estacionamento traseira, assistente de máximos,  alerta de colisão frontal e alerta de atenção do condutor; ao que o Tech adiciona, entre outros, o painel de instrumentos digital, o ecrã de 10,25” do sistema de info entretenimento, o acesso e arranque sem chave, o portão traseiro com abertura “mãos-livres” e o carregador po indução para smartphones.

Disponível nos concessionários da Kia instalados em território português a partir de 19 de Outubro próximo, o XCeed beneficiará, em todas as suas versões, de uma campanha de lançamento que atribui um desconto de €4750 aos respectivos preços de tabela. Assim, sendo, o XCeed 1.0 T-GDi será proposto desde €21 990 com o nível de equipamento Drive, e desde €24 4490 com o nível Tech; o XCeed 1.4 T-GDi apenas é disponibilizado com o nível Tech, a partir de €26 490; custando o XCeed 1.6 CRDi Drive de 115 cv €26 840; e o XCeed 1.6 CRDi Tech de 136 cv €29 340.

 

 

 

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
0%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

20 − 14 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.