CompararComparando ...

Novo BMW Série 8 Coupé chega em Novembro. E não abdica do Diesel

Artigo
Novo BMW Série 8 Coupé chega em Novembro. E não abdica do Diesel

 

 

Já foi oficialmente revelado pela BMW o novo Série 8 Coupé, volvidos praticamente trinta anos sobre o lançamento do seu “antecessor”, e vinte sobre o terminus da respectiva produção. Disponível no mercado em Novembro próximo, o Série 8 Coupé será, desde logo, proposto numa versão M Performance a gasolina (M850i xDrive Coupé), e numa outra a gasóleo (840d xDrive Coupé).

Mas, como a própria marca bávara faz questão de sublinhar, este é só o primeiro capítulo da sua nova ofensiva no segmento luxo. Pelo que a estas duas opções irá juntar-se uma derivação ainda mais extrema e desportiva, o M8 Coupé, muito provavelmente não antes de 2019 – sendo que a gama incluirá ainda as configurações de carroçaria Cabrio e Gran Coupé (coupé de quatro portas), qualquer delas, ao que tudo indica, com as mesmas três opções de motorização.

Objectivo assumido do novo Série 8 Coupé é ser uma referência do mercado em termos dinâmicos, no domínio das performances como da eficácia do comportamento, assim como no que ao luxo e ao conforto em viagens mais longas – não esquecendo a facilidade de operação, a assistência ao condutor e a conectividade. A sua aparência exterior visa ilustrar isso mesmo, garantida por linhas fluídas, com proporções típicas de um desportivo – comprimento de 4843 mm, largura de 1902 mm, altura de 1341 mm e distância entre eixos de 2822 mm.

No capítulo do design, o novo M8 Coupé recorre a várias soluções dignas de menção, como as mais esguias ópticas dianteiras de qualquer modelo da história da BMW (integralmente por LED de série, opcionalmente por laser); a larga grelha de duplo rim de novo desenho construída numa peça única; o capot de contornos bem definidos; as generosas tomadas de ar dianteiras; o spoiler frontal adicional; o tejadilho evocativo da solução de “dupla bolha” com raízes na competição; o óculo posterior com acentuada inclinação e curvatura; os salientes flancos e “ombros” traseiros; o deflector traseiro M; às jantes com pneus mais largos atrás (na versão de acesso, 245/45R18 na frente, e 275/40R18 atrás); as enormes ponteiras de escape de formato trapezoidal; e os farolins traseiros por LED que se prolongam pelos flancos. Em opção é proposto o tejadilho M em carbono e o pacote M Carbon com tomadas de ar, caixas dos espelhos, deflector traseiro e difusor posterior em plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP).

Quanto ao interior, o seu desenvolvimento assentou na premissa de proporcionar uma experiência de condução de excelência, por isso estando focado no condutor, além de recorrer a materiais de qualidade inequívoca e a uma sofisticada iluminação. Neste particular, referência para o volante multifunções em pele M com patilhas de comando da caixa; para o novo head-up display oferecido de série em todas as versões (com uma área de projecção aumentada em 16%, gráficos 3D melhorados e conteúdos adicionais); para o painel de instrumentos digital BMW Live Cockpit Professional; para os bancos multicontorno (também de série em todas as versões); para o revestimento integralmente em pele; e para as aplicações em vidros no manipulo de comando da caixa e outros comandos; e para a mais recente evoluída versão do sistema de infoentretenimento com ecrã táctil de 10.25”. Da lista de opções fazem parte o carregador por indução para smarthpones e o sistema de som surround da Bowers & Wilkins.

Específicos do M850i xDrive Coupé são o sistema de travagem M Sport com discos de 19”, as jantes M de 20” com pneus traseiros mais largos (275/30, sendo os dianteiros de medida 245/35), alguns elementos exteriores exclusivos em cinzento, as aplicações em cinzento e as soleiras das portas iluminadas com a designação do modelo. Para a variante de acesso está disponível o pacote M Sport, composto pelas entradas de ar sobredimensionadas, pelas jantes M de 19”, pelo sistema de travagem M Sport, pelos bancos multifunções, pelo volante em pele M e pelas soleiras das portas iluminadas com logótipo M.

Característica do novo Série 8 Coupé é, ainda, a baixa colocação de todos os bancos, incluindo os dois traseiros, por sinal, rebatíveis em partes iguais. Argumento que permite incrementar a capacidade de uma bagageira que anuncia 420 litros com todos os lugares disponíveis, e de série oferece a operação eléctrica da respectiva tampa.

Como referido, o modelo começará por ser proposto com dois motores, já cumpridores da nova norma de proteção ambiental EU6d-Temp e sempre combinados com a caixa Steptronic de oito velocidades e a tracção integral xDrive. A opção a gasolina toma forma no M850i xDrive Coupé, animado pelo conhecido 4.4-V8 biturbo, com dois turbos instalados no interior do “V” formado pela banca de cilindros, injecção directa de gasolina, sistema Valvetronic, distribuição variável por duplo Vanos, sistema de escape desportivo e filtro de partículas – argumentário que permitiu incrementar a sua potência em 68 cv, para 530 cv, sem qualquer aumento de peso, tendo o binário máximo evoluído para 750 Nm, disponíveis de forma constante entre as 1800-4600 rpm, o suficiente para lhe permitir cumprir os 0-100 km/h em 3,7 segundos.

Mais acessível e económico, o 840d xDrive Coupé monta o seis cilindros em linha de 3,0 litros com dupla sobrealimentação, injecção common-rail com injectores piezoeléctricos e uma pressão máxima de 2500 bar e sistema AdBlue. Com 320 cv, e um binário máximo de 680 m constante entre as 1750-2250 rpm, anuncia uma aceleração 0-100 km/h em 4,9 segundos.

Assente na plataforma modular CLAR, que serve todos os modelos de topo da BMW de última geração, o Série 8 Coupé faz questão de recorrer a uma estrutura, a motorizações e a suspensões focadas, acima de tudo, no garante de uma dinâmica de excepção. Desenvolvido em paralelo com o M8, e com o M8 GTE de competição, possui um baixo centro de gravidade, assim como uma distribuição ideal do peso, que é de 1890 kg na versão a gasolina, e de 1830 kg na variante a gasóleo, graças ao recurso a materiais leves como o alumínio, o magnésio e o CFRP.

A aperfeiçoada aerodinâmica promete ser outro dos seus grandes atributos, patente na promessa de uma carroçaria isenta de sustentação, a que se juntam outros decisivos para uma eficácia dinâmica de topo, como o diferencial traseiro autoblocante, a elevada rigidez estrutural, a suspensão adaptativa M ou a direção integral – a que, opcionalmente, se pode juntar, no M850i xDrive Coupé, as barras estabilizadoras activas.

 

Qual é a sua reação?
Excelente
0%
Adoro
0%
Gosto
0%
Razoavel
100%
Não gosto
0%
Sobre o autor
António de Sousa Pereira
Absolute Motors é um projecto de informação essencialmente dedicado à área dos motores, com particular foco nos sectores dos automóveis e das motos, mas sem prejuízo de cobrir qualquer outra área de interesse manifesto para os seus leitores.
Comentários
Deixe uma resposta

    Deixe uma resposta

    3 + 6 =

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.